Publicidade
Cotidiano
Notícias

'A política de transporte está totalmente errada', diz Cássio Tanigushi em entrevista

Engenheiro e ex-prefeito de Curitiba, por dois mandatos, aponta três grandes problemas de Manaus, trânsito, transporte e área para camelôs 25/08/2012 às 07:27
Show 1
Cassio Tanigushi, ex-prefeito de Curitiba
Mariana Lima ---

“O que tem de lixo que vemos nas ruas de Manaus é um absurdo! É necessário uma limpada geral para melhorar o visual. Os camelôs precisam de um espaço adequado e o transporte coletivo revitalizado o quanto antes!”. A declaração é o pano de fundo de algumas das ideias que o ex-prefeito de Curitiba e ex-presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC), Cássio Tanigushi (DEM), considera viáveis e necessárias para a capital do Amazonas.  

Tanigushi conversou com  A CRÍTICA, no dia 4 deste mês, após participar de um seminário sobre o tema  “Transporte e Mobilidade Urbana”, realizado pelo candidato a prefeito de Manaus, Pauderney Avelino (DEM). O ex-prefeito de Curitiba passou 15 horas na cidade, conheceu um pouco do trânsito, do transporte, do comércio informal e do centro histórico. A partir desse ‘passeio’, e municiado de outras informações como estudioso da área, Tanigushi apresentou propostas que entende devem ser parte das tarefas de quem vai comandar a Prefeitura de Manaus a partir de janeiro de 2013. A seguir, trechos da entrevista.

O senhor já conhecia a cidade de Manaus?

Já. Mas estive aqui há muitos anos e a realidade de Manaus era totalmente diferente. Naquela época talvez existisse uns 400 mil habitantes hoje tem 2 milhões, então mudou completamente o panorama do que eu conheci da Manaus de antigamente.

Curitiba foi considerada pela ONU, em 2011, como a melhor capital do País para se viver. Quais contribuições o senhor traria para melhorar o índice de Manaus?  

Manaus é uma capital linda, histórica que tem uma condição extraordinária, localizada na região mais cobiçada do planeta. Então, é fundamental que a gente tenha condições de melhorar a cidade e fazer com que ela represente efetivamente esse grande potencial histórico que sempre desempenhou. Por isso, o desafio hoje é discutir o que fazer com a cidade, para tentar trazer de volta o resplendor que Manaus sempre teve.

Qual modelo de transporte seria melhor aplicado em uma cidade como Manaus?

Eu entendo que o BRT é uma solução rápida, nacional e barata e que está parcialmente implantada aqui. A gente sente a deterioração das estações (paradas) de ônibus ao longo dos trechos espalhados pela cidade. O problema é que não há pista exclusiva, os veículos são muito bons, porém não resolvem sozinho a questão do transporte de massa. Sem o itinerário bem resolvido, o veículo em boas condições e as estações em ótima situação, dificilmente Manaus terá um sistema de eficiência.

Como o problema do transporte público poderia ser resolvido?

O transporte daqui de Manaus pode ser melhorado fundamental e substancialmente com poucas intervenções. Acredito que o sistema precisa passar por uma reformulação, eliminando linhas paralelas e concorrentes e criando, sobretudo, uma estrutura de crescimento para cidade. Manaus ainda carece de um planejamento na construção. Deve-se pensar para onde a cidade vai? Para onde nós queremos que a cidade cresça? E de que maneira esse crescimento será orientado?

Como o problema dos engarrafamentos nas principais ruas da cidade poderia ser resolvido?

É, de fato, o que nós observamos é uma política totalmente errada no sentido de privilegiar o transporte individual, o que é uma tendência de várias cidades do País. Acho que deve ser dada prioridade para o transporte público. Eu tive a oportunidade de visitar a cidade e senti vários pontos de estrangulamento muito claros. Creio que dá para resolver o problema um bom sistema de transporte público o problema se resolve de vez.

Na sua opinião, o problema do trânsito e de transporte em Manaus será resolvido em quanto tempo?  

Isso pode ser resolvido em menos tempo. O BRT já está parcialmente implantado na cidade. Acredito que com poucas intervenções e relativamente simples pode-se dar condições de um bom transporte de massa. As estações (paradas) estão deterioradas, não sei o que aconteceu, mas elas estão horrorosas. Acredito que se  adotar outra solução que dê maior conforto e segurança aos passageiros, como uma estação semi-fechada onde o passageiro já paga a passagem quando entra, eliminando as catracas e essas outras coisas que atrasam o transporte de massa possibilitando uma maior velocidade operacional no transporte públicos.

FRASE

“A política está totalmente errada no sentido de privilegiar o transporte individual, o que é uma tendência de várias cidades do País. Acho que deve ser dada a prioridade para o transporte público.”

Cassio Tanigushi

Qual é a melhor solução para desafogar o tráfego da cidade?

É necessário se pensar que todas as áreas da cidade precisam  ter um mix de funções como escolas, hospitais, comércio, assim evita o uso do transporte individual e o trânsito flui melhor, além de ser muito mais agradável para se morar em locais assim.

Qual é a sua opinião da adoção do monotrilho como modelo de transporte de massa?

O monotrilho não é um transporte de massa. Ele carrega 15 ou 18 mil passageiros, mas de qualquer forma não é um metrô ou BRT, além de ser um modelo caro. É o oposto em áreas elevadas e é necessário ter muito cuidado, principalmente com as áreas históricas por onde passa.

Quais os outros problemas observados na cidade?  

Olha são vários. O trânsito, de fato, salta à vista. A questão da deterioração do centro, principalmente no que se refere aos camelôs, já que o pedestre perdeu totalmente a prioridade no uso das calçadas. As poucas calçadas que existem já não possuem as menores condições de receber um cadeirante, por exemplo. À primeira vista, muito rapidamente, posso destacar três grandes problemas e talvez sejam os principais da cidade: o trânsito, os camelôs e o transporte público. Acho que esses são pontos que precisam de rápida solução.

O que pode ser feito para revitalizar o centro histórico da cidade de Manaus?

Manaus possui um patrimônio arquitetônico fantástico que está totalmente deteriorado e precisa ser revitalizado urgentemente. É preciso trazer de volta a beleza do centro da idade. As pessoas precisam voltar a frequentar o centro e ter com tranquilidade para isso. Aquelas áreas maravilhosas em frente ao Teatro (Amazonas), em frente da Catedral, enfim todas as ruas que compõem o centro histórico da cidade precisam receber uma atenção especial e urgente.

Como poderia ser resolvida a questão da ocupação pelos camelôs de áreas do centro?

É preciso dar espaço para os camelôs. Nós tivemos uma experiência muito boa em Curitiba. Trouxemos os camelôs que estavam numa praça para uma área digna. Uma construção com boxes personalizados, com higiene, próximo ao terminal do transporte coletivo. Pois, não tem jeito, se tiramos eles para colocá-los longe dos terminais de coletivo, eles retornarão para lá.

Que medidas poderiam ser aplicadas no trânsito do centro da cidade?

Acho que poderia ser reativado o sistema de bonde na cidade e transformar o anel viário do centro também em um ponto turístico. Poderia se construir um grande estacionamento para guardar os carros próximos daquela região e a população usaria os bondes para se locomover na área central. Não é necessária uma frota muito grande. Nessa visita, cheguei a ver que ainda existem alguns trilhos no centro.

O que poderia ser feito nos primeiros meses do mandato do próximo prefeito?

Dá pra fazer muita coisa na cidade em pouco tempo. É necessário fazer, logo de imediato, uma limpeza. O que tem de lixo que vemos nas ruas é absurdo.  É necessário se fazer uma limpada geral para melhorar o visual. Essa posição facilita os investimentos na cidade.