Publicidade
Cotidiano
Notícias

Acusado de detonar rojão que matou cinegrafista chega à Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro

Caio Souza foi detido nesta madrugada, em Feira de Santana, na Bahia, e trazido de avião pela Polícia Civil 12/02/2014 às 08:45
Show 1
Cinegrafistas de São Paulo se reuniram para uma homenagem a Santiago nesta segunda (10)
Vitor Abdala (Agência Brasil) Manaus (AM)

O suspeito de acender o rojão que matou o cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade chegou hoje (12) à Cidade da Polícia, complexo que reúne as delegacias especializadas da Polícia Civil fluminense. Caio Silva de Souza foi preso na madrugada de hoje (12) em uma pousada em Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador (BA), e trazido de avião por policiais civis do Rio de Janeiro.

O desembarque ocorreu no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim. A comitiva seguiu de carro até a Cidade da Polícia.

Caio Souza está acompanhado pelo advogado Jonas Tadeu, deve prestar depoimento e ser encaminhado ao sistema penitenciário fluminense. Contra ele existe um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça do Rio.