Publicidade
Cotidiano
Notícias

Aeródromos terão que passar por aprovação do Governo Federal

As prefeituras que desejam transferir as administrações dos aeroportos para a Infraero devem procurar o Governo Federal, diz o superintendente do órgão no Amazonas 02/03/2012 às 19:27
Show 1
Aeroporto Eduardo Gomes é um dos três aeródromos administrados atualmente pela Infraero
Mariana Lima Manaus

Os municípios que desejam entregar os seus aeródromos a Empresa Brasileira de Infraestrutura de Aeroporto (Infaero) só poderão ser atendidos após decisão do Governo Federal. As informações foram dadas pelo Superintendente da Infraero no Amazonas, Rubem Ferreira.

O superintendente da Infraero afirma que somente o Governo Federal poderá determinar que um aeródromo se torne administrado pelo órgão. “Os prefeitos terão que fazer a solicitação por meio do Governo Federal e somente então seremos notificados”, conta Rubem.

Segundo o superintendente, somente quatro aeroportos do Amazonas estiveram sob responsabilidade da Infaero: o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e o de Ponta Pelada em Manaus, o de Tabatinga e o de Tefé. Os demais aeródromos do interior nunca foram de responsabilidade do órgão.

“O primeiro aeroporto do Amazonas a está sob responsabilidade da Infraero foi o de Ponta Pelada, mas depois que o Eduardo Gomes se tornou de nossa responsabilidade, entregamos o de Ponta Pelada ao governo militar e ficamos apenas com os três atuais. Os demais aeródromos nunca foram administrados pela Infraero”, afirma Rubem.