Publicidade
Cotidiano
Notícias

Aeronáutica encerra inscrições para 45 vagas de nível superior em Manaus na próxima segunda-feira (21)

A seleção é para serviço temporário, com vagas em diversas especialidades, como Administração, Engenharia e Serviços Jurídicos; as inscrições podem ser feitas no site da FAB 15/04/2014 às 15:53
Show 1
Os candidatos selecionados serão incorporados no posto de Aspirante-a-Oficial e, caso sejam aprovados, integrarão o Quadro de Oficiais da Reserva de Segunda Classe Convocados, pelo período de um ano
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

A Aeronáutica encerra, na próxima segunda-feira (21/04), as inscrições para seleção e incorporação de profissionais de nível superior, voluntários à prestação do serviço militar temporário. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet através do página da Força Aérea, www.fab.mil.br.

Para Manaus (AM), a seleção abrange 45 vagas em 16 especialidades como as áreas de Administração, Análise de Sistemas, Arquivologia, Ciências Contábeis, Economia, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Estatística, Pedagogia, Psicologia, Relações Públicas, Serviços Jurídicos e Serviço Social. Há vagas também para Boa Vista (RR) e Porto Velho (RO).

A relação de vagas por especialidade e localidade consta do Anexo C do aviso de convocação.

A seleção pública, para ambos os sexos, irá envolver avaliação curricular e inspeção de saúde. Os documentos para avaliação deverão ser entregues pessoalmente ou por intermédio de procuração com firma reconhecida em cartório nas Organizações Militares, previstas no Anexo B, da localidade onde o candidato está concorrendo à vaga.

Os candidatos selecionados serão incorporados no posto de Aspirante-a-Oficial e, caso sejam aprovados no Estágio de Adaptação Técnico, integrarão o Quadro de Oficiais da Reserva de Segunda Classe Convocados (QOCOn) durante o período de um ano. Caso haja o interesse em permanecer na ativa após o período inicial, o tempo de serviço poderá ser prorrogado anualmente, a critério do Comando da Aeronáutica, até oito anos, podendo ser estendido, em caráter excepcional, a nove anos, de acordo com a conveniência da Administração.

* Com informações da assessoria de comunicação do VII COMAR.