Publicidade
Cotidiano
Notícias

Agora é oficial, Thiago Neves assina com o Fluminense

Tricolor e clube saudita já possuem acordo oficial que garante a transferência de Thiago Neves para o Fluminense. Jogador atuou pelo Flamengo em 2011 17/01/2012 às 15:42
Show 1
Flu e Al Hilal têm documento que sacramenta transferência de TN
Lancenet! Rio de Janeiro (RJ)

A diretoria do Fluminense confirmou a contratação do meia Thiago Neves. Entre Fluminense e Al Hilal há um documento no qual ambas as partes dão como fechada a contratação de Thiago Neves. Apesar de o empresário do jogador, Léo Rabello, e a presidente do Flamengo, Patricia Amorim, terem vindo a público dizer que ainda há negociação em curso com o Rubro-Negro, o anúncio por parte do Tricolor é uma questão de tempo.

O fato de o agente de Thiago Neves estar ausente das negociações não impede o acerto. O jogador pode fechar contrato com o Fluminense sem a rúbrica de Rabello.

Uma fonte consultada pelo LANCENET! teve acesso aos contratos do empresário com o jogador. Caso Thiago Neves acerte com o Flu, Léo Rabello terá o direito de reclamar o valor de cerca de R$ 2 milhões de multa por não ter participado das tratativas.

Por outro lado, o contrato do jogador com o Flu, válido por quatro temporadas, será do valor de aproximadamente R$ 34 milhões. Com o pagamento dos 10% de comissão aos quais tem direito, Léo Rabello sairá da história com R$ 3,4 milhões. Em suma: mesmo negociando a favor do Flamengo, o agente não sairá de mãos abanando da novela.

O fato é que se há um culpado na história é o Rubro-Negro. O clube precisava honrar a carta de intenção de compra até 30 de novembro, o que não aconteceu. A partir dali, o Al Hilal abriu negociações com outros clubes. O Fluminense ficou com o caminho livre e mostrou aos árabes que arcaria com os R$ 16 milhões pedidos.

Thiago Neves não fala inglês e quem tem se comunicado com os árabes é a esposa do jogador, Marcella. Nas conversas, ficou claro para o Al Hilal que a prioridade é do Flu.

DIFERENÇAS ENTRE AS PROPOSTAS FEITAS POR THIAGO NEVES

Flamengo

16,5 milhões

O clube se propôs a pagar o valor relativo aos outros 90% dos direitos econômicos de Thiago Neves dentro de um ano. A questão principal tem sido a forma do pagamento.

Fluminense

16,5 milhões

Logo no primeiro contato, o Fluminense se prontificou a pagar os R$ 16,5 milhões num prazo de oito meses, em três parcelas. Além disso, arcará com R$ 678 mil de luvas a Thiago Neves.

ENTENDA O DESENROLO DO CASO THIAGO NEVES


abril/maio 2011

O Flamengo envia um documento ao Al-Hilal concordando em adquirir o meia em definitivo. O clube terá de pagar R$ 7,4 milhões até o fim de novembro e a outra metade em 2012.

novembro/dezembro 2011

O Fla não cumpre o combinado e ainda sugere uma nova forma de pagamento, na qual dará R$ 4,5 milhões à vista e os outros R$ 10,3 milhões sendo quitados num prazo de dois anos e meio. Os árabes prontamente recusam.

virada de ano

O Flamengo muda a oferta e recebe um novo 'não' dos árabes. Na primeira semana de 2012, o clube brasileiro entra em contato, mas envia a mesma proposta que havia sido recusada no ano anterior.

12 de janeiro 2012

O clube árabe exige receber os R$ 16,5 milhões em três parcelas e o Fla ainda fica sujeito à punição de R$ 2,2 milhões em caso de não cumprimento das datas. Flu, então, entra na negociação.

14 de janeiro 2012

O Al Hilal entra em acordo com o Flu e aceita a proposta para vender o meia.

16 de janeiro 2012

O empresário Léo Rabello e a presidente do Fla, Patricia Amorim, afirmam que a negociação não acabou. Segundo Léo, o Fla tem direito a receber 10% do valor de uma possível negociação de Thiago.

SILÊNCIO É A TÁTICA TRICOLOR

Enquanto a presidente do Flamengo se manifestou contra a atitude tomada pelo Fluminense em relação a Thiago Neves, a diretoria tricolor segue adotando a cautela. A cúpula de futebol não irá falar sobre o assunto enquanto o negócio não estiver sacramentado. Sempre que questionados, os dirigentes evitam dar detalhes e sequer confirmam que estão atrás do meia.

Curiosamente, a tática adotada pelo Fluminense foi a mesma do Flamengo, no início do ano passado, quando disputou Ronaldinho Gaúcho com o Grêmio. Na ocasião, dirigentes do Rubro-Negro também evitavam falar abertamente do assunto, mesmo cientes de que a negociação já tinha vazado.

Os jogadores também evitam falar sobre Thiago Neves. Sempre que perguntados, os atletas afirmam que aguardam a anúncio para se manifestarem sobre o reforço e elogiam o futuro companheiro.