Publicidade
Cotidiano
Cotidiano, Saúde, UEA, Hospital Adriano Jorge, Programa Ambassador, Gastrologia, Medicina

Amazonas recebe programa internacional de Medicina

Pela primeira vez no Brasil, o Programa Ambassador irá atender em torno de 150 pacientes em Manaus, além de oferecer aulas teóricas sobre gastrologia, a acadêmicos de Medicina da UEA 27/11/2012 às 16:41
Show 1
Na Faculdade de Medicina da UEA serão realizadas aulas teóricas e práticas
acritica.com Manaus

No período de 2 a 7 de dezembro a Universidade Estadual do Amazonas e o Hospital Adriano Jorge irão receber o programa Ambassador, uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED) e a American Society for Gastrointestinal Endoscopy (ASGE), que tem por objetivo levar conhecimentos do trato gastrointestinal a profissionais de regiões carentes de tecnologias. Esta é a primeira vez que o programa é realizado no Brasil.

Em torno de 150 pacientes serão beneficiados pelo Ambassador, desafogando a fila de espera por procedimentos endoscópicos no Amazonas. Casos que chegarem ao hospital durante a realização do Ambassador também serão encaminhados para a equipe de profissionais do programa.

Especialistas voluntários com interesse em promover o intercâmbio médico e social, por meio da imersão na realidade da endoscopia local, ensinarão procedimentos da área para 30 profissionais dos estados do Amazonas, Mato Grosso, Rondônia, Maranhão, Piauí, Acre, Roraima, Tocantins e Amapá, na sede da Faculdade de Ciências da Saúde da UEA, no bairro Cachoeirinha, na Zona Sul de Manaus.

“Os maiores beneficiados do programa Ambassador são os pacientes do Amazonas, que receberão tratamentos e procedimentos de profissionais altamente qualificados e que, em muitos casos, não são oferecidos na região”, ressalta Sérgio Bizinelli, presidente da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED).

Os médicos das regiões próximas também ganham com a ação, pois terão a possibilidade de receber treinamentos dos mais renomados profissionais, o que reflete futuramente na realização de procedimentos que não eram feitos anteriormente.

“A iniciativa já passou pelo Egito, Equador, Ilhas Salomão, Taiwan e Vietnã com boa aceitação e resultados. Agora será a vez do Brasil vivenciar a oportunidade no estado do Amazonas”, completa Ricardo Anuar Dib, membro da direção da SOBED.

Entre os procedimentos que serão realizados, estão: ligadura elástica, escleroterapia, gastrostomia, mucosectomia, polipectomia, dilatação, corpo estranho, clip, endoloop e coagulação plasma argônio.

Teoria e Prática
O Ambassador contará também com programa de aulas teóricas realizadas na Faculdade de Medicina da UEA, entre os dias 2, 3 e 4 de dezembro.

Em bonecos com estômagos de suínos, especialistas de todo o Brasil poderão simular procedimentos endoscópicos durante o curso Hands On, que integra a programação do Ambassador.

“O curso de Hands On, com os procedimentos realizados em estômago de animais, gera mais confiança na realização em humanos, por serem muito próximos à realidade”, afirma Dib, um dos organizadores do programa.

As atividades contemplarão as temáticas: gastrostomia percutânea endoscópica, terapêutica endoscópica da hemorragia digestiva alta de causa varicosa e não varicosa, dilatação endoscópica das estenoses de esôfago, clips, endoloops, coagulação plasma argônio, corpo estranho e polipectomia, mucosectomia.