Publicidade
Cotidiano
Notícias

Amazonas registra 412 mortes por hepatites B e C em onze anos

O boletim mostra que no ano de 2000 foram registrados 22 óbitos por hepatite B, sendo que em 2011 foi registrado o número de 34 casos, o crescimento foi de 54,5% 30/08/2012 às 17:10
Show 1
Todos os anos são realizados campanhas de vacinação contra a doença no AM
Thiago Gonçalves Manaus (AM)

O Amazonas registrou quatrocentos e doze óbitos por hepatites B e C entre os anos de 2000 e 2011. Das mortes, 144 foram por hepatite C e 268 decorrentes do tipo B. Os dados são do Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais 2012, do Ministério da Saúde (MS).

O boletim mostra que no ano de 2000 foram registrados 22 óbitos por hepatite B, sendo que em 2011 foi registrado o número de 34 casos, crescimento de 54,5%. O indicativo de hepatite C aponta três mortes no ano 2000, e vinte e nove no ano passado, tendo um crescimento dez vezes maior.

Infecções
O estado registrou 15 mil casos de hepatites virais entre os tipos A, B, C, entre 1999 e 2011. Do total, Manaus, apresentou 10.104 casos confirmados das hepatites, conforme os dados do Ministério da Saúde (MS).

Conhecida por ser comum e temida pela população, a hepatite viral é uma doença silenciosa que, se não for descoberta cedo, pode levar o portador à morte. As hepatites virais são formadas pelos tipos A, B, C, D e E. Os três primeiros são os mais comuns.

Prevenção
Em Manaus, a rede pública de saúde disponibiliza a vacina contra a Hepatite B. São necessárias três doses para imunização. A primeira dose deve ser tomada quando bebê, após o nascimento.

Mais modernos e eficazes, dois novos medicamentos contra hepatite C serão incluídos (previsão para janeiro de 2013) no Sistema Único de Saúde (SUS). O Telaprevir e o Boceprevir devem beneficiar 5,5 mil pacientes, todos portadores de cirrose e fibrose avançada, que fazem parte do grupo de maior risco de progressão da doença e de morte.

Discussão

A situação das hepatites virais na região Norte será discutida, até a próxima sexta-feira (31),  no maior evento de debate relacionado à prevenção da Aids, doenças sexualmente transmissíveis e hepatites virais, em São Paulo.