Publicidade
Cotidiano
CONSULTORIA

Amazonino e criador do ‘Tolerância Zero’ fecham parceria para reduzir crimes no AM

Rudolph Giuliani ficou conhecido mundialmente pelo programa “Tolerância Zero”, implantado em Nova York quando era prefeito e que reduziu o índice de criminalidade em mais de 60%, entre 1994 e 2002 18/04/2018 às 15:04
Show consultoria
Foto: Reprodução/Internet
acritica.com Manaus (AM)

O Amazonas é o primeiro estado do Brasil a receber consultoria do ex-prefeito de Nova York (EUA), Rudolph Giuliani. Nesta quarta-feira (18), o Governo do Amazonas firmou protocolo de intenções com a Giuliani Security & Safety para colaborar em ações que reduzam a criminalidade no Estado. O governador Amazonino Mendes e Giuliani assinaram o protocolo em Nova York, na sede da empresa que realiza projetos de segurança em vários países.

Giuliani ficou conhecido mundialmente pelo programa “Tolerância Zero”, implantado em Nova York quando era prefeito e que reduziu o índice de criminalidade em mais de 60%, entre 1994 e 2002. O ex-prefeito também implantou medidas de sucesso no combate à violência na Colômbia, Guatemala, Canadá, El Salvador e Honduras. Em dezembro do ano passado, Amazonino reuniu-se com Giuliani para iniciar as tratativas sobre a parceria internacional.

Amazonino classificou a assinatura do acordo como um marco na política de segurança do novo Governo do Amazonas. “Hoje é uma data verdadeiramente histórica, fruto da ousadia, determinação, vontade especifica de dar à nossa população tranquilidade, sossego e segurança. O Amazonas foi buscar o lendário Giuliani. O homem que construiu as técnicas modernas, eficazes, de combate à criminalidade”, ressaltou o governador.

O chefe do Executivo destacou que o trabalho a ser desenvolvido no Amazonas, a partir de maio deste ano, poderá servir de modelo para todo o Brasil, levando tranquilidade às famílias brasileiras. “É um marco para que essa competência, essa capacidade, tecnologia, inicie no país, através do nosso estado, um belo trabalho de segurança pública. É um novo momento, um novo quadro. É a modernidade, diferente, revolucionária”, frisou Amazonino.

Giuliani enalteceu a ousadia do governo amazonense em buscar parceria internacional para integrar todas as ações de segurança no maior estado brasileiro, com as maiores bacia hidrográfica e floresta do mundo. “O senhor está tomando um passo, uma ação que deveria ser feita há oito, dez anos. Por isso que o senhor é esse grande líder eficiente”, destacou o consultor.

Atuação

O trabalho da equipe norte-americana iniciou com a entrega, pelo secretário particular do governador, coronel Otávio Junior, de um levantamento que mapeou a violência no Estado. Em maio deste ano, a equipe de Giuliani começará a acompanhar presencialmente o trabalho realizado pelas forças de segurança do Amazonas, avaliando in loco ações que podem ser melhoradas, apresentando soluções que já deram certo em outros países, colaborando para agilizar o combate ao crime em todas as áreas.

O primeiro relatório com sugestões de apoio para a integração de todo o sistema de segurança e ações concretas para redução de violência será apresentado pessoalmente por Rudolph Giuliani em junho, quando ele virá encontrar sua equipe em Manaus. Reuniões preliminares estão sendo realizadas hoje e se estenderão durante todo o dia de amanhã com os coordenadores das equipes que irão trabalhar neste projeto.

Publicidade
Publicidade