Publicidade
Cotidiano
Notícias

ANAC fará auditoria em sistemas de check-in da GOL e TAM

A medida foi tomada após problemas apresentados nos procedimentos de emissão de bilhetes dessas companhias 25/10/2012 às 11:11
Show 1
Conforme a resolução 141 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a companhia o passageiro que tiver seu vôo cancelado, ou interrompido deve ter reacomodação imediata
acritica.com Manaus (AM)

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vai fazer uma auditoria operacional nos sistemas de check-in das empresas TAM e GOL. A medida foi tomada após problemas apresentados nos procedimentos de emissão de bilhetes dessas companhias.

O mais recente ocorreu na manhã desta quinta-feira (25), quando o sistema da empresa GOL apresentou instabilidade, com impactos pouco significativos em alguns aeroportos, de acordo com monitoramento em curso pela Agência. A direção da empresa foi convocada para reunião com a Secretaria de Aviação Civil (SAC) e diretoria da Anac na próxima quarta-feira (31) para explicar as causas dos problemas em seu sistema de check-in.

Notificação
A GOL já havia sido notificada pela Anac por conta dos problemas ocorridos na última segunda-feira (22) e terá 10 dias, contados do recebimento da notificação, para apresentar à Anac comprovantes de prestação de assistência aos passageiros nos casos de atrasos e cancelamentos de voos, conforme previsto na Resolução nº. 141/2010.

O descumprimento das regras da resolução pode gerar multas que variam de R$ 4 mil a 10 mil reais por passageiro, podendo chegar a R$ 1,74 milhão por voo. A ocorrência de hoje gerou nova notificação à empresa, também com prazo de 10 dias para comprovação de assistência prestada.

Atendimento
Caso o passageiro se sinta prejudicado ou tenha seus direitos desrespeitados, deve procurar a empresa aérea contratada para reivindicar seus direitos como consumidor. Se as tentativas de solução do problema pela empresa não apresentarem resultado, o usuário poderá encaminhar a demanda para a Anac, aos órgãos de defesa do consumidor e ao Poder Judiciário.

A Anac possui canais de comunicação destinados a receber manifestações pela internet (Fale com a Anac) ou pelo telefone 0800 725 4445 (que funcionam 24 horas, sete dias por semana, inclusive com atendimento em inglês e espanhol).

Multa por transtorno à ordem pública

Na terça-feira (30/10), a diretoria vai aprovar uma resolução que aumenta em até mil vezes o escopo da multa a ser aplicada em casos de execução de serviços aéreos de forma a comprometer a ordem ou a segurança pública. Os valores poderão chegar a R$ 20 milhões por infração. A penalidade já é prevista hoje, na Resolução nº 25/2008, com valor  máximo de R$ 20 mil.