Publicidade
Cotidiano
Notícias

Artur Neto não pensa em retornar ao Senado

O ex-senador disse que deixaria para o suplente a cadeira no Senado, caso a justiça devolva seu mandato durante o período da eleição. O mandato  é questionado por fraude nas eleições de 2010  03/07/2012 às 14:51
Show 1
Em discurso recente Artur Neto assegurou, entre lágrimas, que retorna ao cenário político para “fazer a diferença”
acritica.com ---


Em entrevista à rádio CBN, na manhã desta terça-feira, o ex-senador Artur Virgílio Neto, candidato a Prefeitura de Manaus nas eleições de outubro,  disse que não pensa em voltar a sentar na cadeira do Senado , caso a justiça devolva para ele o cargo que considera ter  perdido em conseqüência de fraudes nas eleições de outubro de 2010.

Artur Neto disse que não abandonaria o atual projeto.” Eu tenho suplente para isso, para assumir o mandato que eu possa ganhar na justiça. Eu vou vencer por Manaus, agora”, enfatizou.

Ele perdeu mandato para a atual senadora Vanessa Grazziottin (PCdo B), que atualmente disputará com ele o cargo de prefeito de Manaus- 2012.

Durante a entrevista, ao ser indagado se a disputa à Prefeitura com a senadora seria uma revanche, Artur Neto disse que não seria uma revanche , porque se considera mais uma pessoa do perdão. “Acho que as pessoas devem meditar sobre o que fizeram na eleição passada”,  declarou , ao acrescentar que prefere deixar esse julgamento para o povo.

Por outro lado  Artur Neto disse que se alguém tivesse que pedir revanche seria Vanessa, já que foi ele quem venceu a eleição. “ Com tudo que fizeram, quem venceu a eleição aqui em Manaus foi eu”.

Neto explicou que o litígio jurídico dele em relação ao cargo que a senadora exerce, é do Ministério Público Federal Eleitoral, pois foi quem detectou as irregularidades “gravíssimas” no pleito daquele ano e entrou com as ações que cabiam. “Eu  como parte interessada, sou mero assistente para o ministério Público Federal eleitoral”, esclarece .

Artur Neto disse que prefere aguardar as duas coisas acontecerem esse ano. Disse que Vanessa, possui direitos políticos que garante se candidatar, assim como os outros candidatos. Enquanto candidata será tratada com todo respeito, disse. “Quero ouvir as propostas dela, se ela apresentar propostas boas, como os demais candidatos, também anotarei como as minhas as propostas, e , se vencer a eleição, darei crédito a ela e aos demais”.