Publicidade
Cotidiano
Notícias

Às vésperas do segundo turno das eleições, Dilma lança 'pacotão' de obras no Amazonas

Em encontro com a presidente Dilma, governador Omar Aziz assegura recursos para anéis viários e aeroportos. Além disso, Dilma confirmou sua presença na próxima segunda-feira (22) para participar da campanha da candidata à prefeitura Vanessa Grazziotin. 16/10/2012 às 19:14
Show 1
Presidente Dilma reúne-se com parlamentares do Amazonas
acritica.com Brasília (DF)

O governador do Amazonas, Omar Aziz, esteve reunido com a presidente da República, Dilma Rousseff, na tarde desta terça-feira (16) no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), para tratar de novos projetos nas áreas de mobilidade, infraestrutura e habitação para a capital e alguns municípios do interior. Participaram da reunião os senadores Eduardo Braga e Vanessa Graziottin, juntamente com as ministras do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, e de Relações Institucionais, Ideli Salvatti.

Entre as obras previstas para Manaus, está a implantação de dois anéis viários que irão melhorar a mobilidade urbana da capital. “Essa é uma obra que dá quase trinta quilômetros. Serão investidos aproximadamente R$ 276 milhões. E hoje a presidente aprovou o orçamento desse projeto que levamos cerca de oito meses para formatar. Com isso, ocorrerá a liberação da verba federal. Mas agora nós vamos licitar a obra. Agora começam os trâmites legais”, explicou Omar Aziz.

O Anel Viário Sul prevê a duplicação de 8,3 quilômetros da estrada do Tarumã, na Zona Oeste, que vão do trevo da Avenida Santos Dumond até o trevo da Avenida Torquato Tapajós. A previsão de investimentos é de R$ 97.509.893,81. O Anel Viário Leste compreende o trecho entre a Reserva Duque e a Bola do Distrito Industrial II. Serão 17,6 quilômetros de intervenção, sendo investidos R$ 172.687.585,28.


Durante o encontro, a presidente Dilma Roussef confirmou visita a Manaus na próxima segunda-feira, dia 22 de outubro.

Construção de aeroportos

Após o encontro, o governador do Amazonas, Omar Aziz, também anunciou que o Governo Federal irá construir sete novos aeroportos no Estado (Jutaí, Maraã, Amaturá, Nova Olinda, Pauiní, Codajás e Uarini) e outros 18 serão reformados. Cada novo aeroporto deverá custar entre R$ 22 milhões e R$ 25 milhões. “Quem conhece a realidade do Amazonas sabe a dificuldade de transporte que temos na nossa região. Ainda vamos licitar essas obras dos aeroportos. E esperamos concluir essas construções em um ano e meio”, afirmou.


O governador explicou que a princípio esses recursos seriam oriundos do ProInveste, Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal. Mas após conversa com a presidenta Dilma ficou acertado que a verba virá de outra fonte. “Um programa com recursos para a construção de aeroportos em todo o país deve ser lançado pela presidenta Dilma em novembro deste ano. Portanto, os sete aeroportos serão incluídos nesse novo programa de Governo. Com isso, poderemos usar a verba do ProInveste para outras obras no Amazonas”, pontuou.

De acordo com a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), os projetos de cinco dos sete novos aeroportos já estão prontos. No Amazonas, dos 61 municípios do interior do Estado, 54 já têm aeroporto.