Publicidade
Cotidiano
Notícias

Às vésperas do segundo turno das eleições, Dilma lança 'pacotão' de obras no Amazonas

Em encontro com a presidente Dilma, governador Omar Aziz assegura recursos para anéis viários e aeroportos. Além disso, Dilma confirmou sua presença na próxima segunda-feira (22) para participar da campanha da candidata à prefeitura Vanessa Grazziotin. 16/10/2012 às 19:14
Show 1
Presidente Dilma reúne-se com parlamentares do Amazonas
acritica.com Brasília (DF)

O governador do Amazonas, Omar Aziz, esteve reunido com a presidente da República, Dilma Rousseff, na tarde desta terça-feira (16) no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), para tratar de novos projetos nas áreas de mobilidade, infraestrutura e habitação para a capital e alguns municípios do interior. Participaram da reunião os senadores Eduardo Braga e Vanessa Graziottin, juntamente com as ministras do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, e de Relações Institucionais, Ideli Salvatti.

Entre as obras previstas para Manaus, está a implantação de dois anéis viários que irão melhorar a mobilidade urbana da capital. “Essa é uma obra que dá quase trinta quilômetros. Serão investidos aproximadamente R$ 276 milhões. E hoje a presidente aprovou o orçamento desse projeto que levamos cerca de oito meses para formatar. Com isso, ocorrerá a liberação da verba federal. Mas agora nós vamos licitar a obra. Agora começam os trâmites legais”, explicou Omar Aziz.

O Anel Viário Sul prevê a duplicação de 8,3 quilômetros da estrada do Tarumã, na Zona Oeste, que vão do trevo da Avenida Santos Dumond até o trevo da Avenida Torquato Tapajós. A previsão de investimentos é de R$ 97.509.893,81. O Anel Viário Leste compreende o trecho entre a Reserva Duque e a Bola do Distrito Industrial II. Serão 17,6 quilômetros de intervenção, sendo investidos R$ 172.687.585,28.


Durante o encontro, a presidente Dilma Roussef confirmou visita a Manaus na próxima segunda-feira, dia 22 de outubro.

Construção de aeroportos

Após o encontro, o governador do Amazonas, Omar Aziz, também anunciou que o Governo Federal irá construir sete novos aeroportos no Estado (Jutaí, Maraã, Amaturá, Nova Olinda, Pauiní, Codajás e Uarini) e outros 18 serão reformados. Cada novo aeroporto deverá custar entre R$ 22 milhões e R$ 25 milhões. “Quem conhece a realidade do Amazonas sabe a dificuldade de transporte que temos na nossa região. Ainda vamos licitar essas obras dos aeroportos. E esperamos concluir essas construções em um ano e meio”, afirmou.


O governador explicou que a princípio esses recursos seriam oriundos do ProInveste, Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal. Mas após conversa com a presidenta Dilma ficou acertado que a verba virá de outra fonte. “Um programa com recursos para a construção de aeroportos em todo o país deve ser lançado pela presidenta Dilma em novembro deste ano. Portanto, os sete aeroportos serão incluídos nesse novo programa de Governo. Com isso, poderemos usar a verba do ProInveste para outras obras no Amazonas”, pontuou.

De acordo com a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), os projetos de cinco dos sete novos aeroportos já estão prontos. No Amazonas, dos 61 municípios do interior do Estado, 54 já têm aeroporto.

Publicidade
Publicidade