Publicidade
Cotidiano
Notícias

Assinada a ordem de serviço para construção de porto em Apuí

O porto vai atender principalmente o escoamento da produção agropecuária de Apuí, que hoje é um dos principais produtores de gado e leite da região 17/05/2012 às 16:43
Show 1
Afonso Lins visitou o local onde o porto vai ser construído, na localidade da Prainha, no Rio Aripuanã, a 125 km da sede do município
acritica.com Manaus

Nesta quarta-feira (16) o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit-AM/RR), Afonso Lins Jr. e o prefeito de Apuí, Antônio Marcos, assinaram a ordem de serviço para o início das obras do Terminal Hidroviário no município , loclizado ao sul do do Amazonas.

O superintendente e uma equipe do Dnit visitaram o local onde o porto vai ser construído, na localidade conhecida como Prainha, no Rio Aripuanã, a 125 quilômetros da sede do município. O porto vai atender principalmente o escoamento da produção agropecuária de Apuí, que hoje é um dos principais produtores de gado e leite da região.

A obra orçada em R$ 5,7 milhões vai ser feita com verba federal, através de um convênio entre o Dnit e a Prefeitura do Apuí, que já recebeu a primeira parte do dinheiro. “A verba vai sendo repassada ao município conforme eles vão prestando contas de cada etapa da obra”, afirmou o Superintendente.

A Prefeitura de Apuí foi responsável por licitar a obra e contratou a empresa Conserge para o serviço, que terá o prazo de um ano, a partir de maio de 2012, para entregar a porto.

Transamazônica

Durante a passagem pelo município de Apuí o superintendente Afonso Lins Jr. visitou também o trecho da BR-230 (Transamazônica) que vai passar por serviços emergenciais de recuperação, são 100 km entre Apuí e a localidade de Matá-matá. Quatro pontes que foram afetadas durante o inverno, e estão funcionando de forma improvisada, serão recuperadas a partir da próxima semana.