Publicidade
Cotidiano
Notícias

Atraso: Obra da av. das Flores sem data prevista para iniciar no AM

Estudos no local ainda estão em andamento e sem previsão de conclusão. De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), o trecho onde será construída à via passa por estudo topográfico e de monitoramento 11/10/2012 às 07:50
Show 1
Estudos no local estão em andamento
Náferson Cruz ---

Ainda não há previsão para o início da construção da avenida das Flores, na Cidade Nova, Zona Norte, que vai dar prolongamento à avenida Governador José Lindoso (avenida das Torres), partindo da avenida Timbiras até a rodovia AM - 010. O projeto está dividido em três trechos de obras e apenas o primeiro está sendo licitado. 

De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), o trecho onde será construída à via, que terá 11,1 quilômetros de extensão, passa, atualmente, por estudo topográfico e de monitoramento.

Ainda de acordo com o órgão, não há data prevista para a conclusão dos estudos e, após essa fase, as obras serão iniciadas.

A autorização da ordem de serviço para a construção da via foi feita no último dia 27, pelo governador Omar Aziz (PSD).

Ontem, a reportagem foi ao local e encontrou, ao menos, oito veículos ‘pesados’ estacionados. Um funcionário público do Estado, que estava no local e que preferiu não ter o nome revelado, disse que não sabe quando as atividades irão iniciar. A obra está prevista para ser entregue até o final de 2014. O investimento de R$ 221,7 milhões terá recursos do Governo Federal, além de financiamento da Caixa Econômica Federal.

Via será interligada à rodovia estadual

De acordo com a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), a nova rota que será inaugurada com a avenida das Flores está inserida no contexto de outras obras do projeto de mobilidade urbana do Governo do Estado, que inclui a construção de um anel viário, ligando o Distrito Industrial, na Zona Sul, à avenida Torquato Tapajós.

O primeiro trecho sai do cruzamento da avenida das Torres com a Timbiras e vai até a avenida Noel Nutels, próximo ao T3, e ainda está sendo licitado.

O trecho 3 parte do Terminal de Integração 3 (T3), na avenida Noel Notels, e se estende em linha reta até o Igarapé do Passarinho. No trecho 4, a obra continua o traçado e cruza as avenidas Margarita, no Nova Cidade, e Sete de Maio, no Santa Etelvina. Por fim, a via interliga-se com a rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara), com saída nas proximidades do quilômetro 22, após o aterro sanitário.

Ciclovia

A Seinfra ainda está estudando a possibilidade de incluir uma ciclovia na avenida. Várias sugestões foram feitas pela ONG Pedala Manaus, inclusive em reunião realizada na semana passada, com a secretária de Infraestrutura, Waldívia Alencar. A ideia é colocá-la embaixo do linhão. Para isso, a Seinfra solicitou informações da Eletrobras Amazonas Energia sobre a viabilidade do projeto e aguarda resposta.