Publicidade
Cotidiano
Notícias

Audiências públicas da Cidade Universitária são mantidas

Juiz revoga decisão anterior que suspendia a realização das audiências públicas 13/12/2012 às 10:13
Show 1
Cidade universitária será construída no município de Iranduba, interior do AM
Acritica.com ---

Depois de determinar na última quarta-feira (12) a suspensão das audiências públicas relativas ao empreendimento "Cidade Universitária", a ser construído pelo governo do Amazonas, no município de Iranduba, em área nas proximidades do rio Negro, o juiz da 7ª Vara Federal, Dimis da Costa Braga, atendeu a um novo pedido do MPF, protocolado quarta mesmo, às 17h50, e revogou a decisão anterior mantendo as audiências públicas para ocorrerem esse mês.

A audiência é realizada agora pela manhã no município de Iranduba, na Escola Isaías Vasconcelos e conta com a presença do vice-governador José Melo, representantes da Seinfra, da Unidade Gestora da UEA e da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável.


Projeto

A Cidade Universitária, idealizada por Omar Aziz, será erguida em Iranduba, região Metropolitana de Manaus, e terá capacidade para abrigar cerca de dois mil estudantes do interior do Estado. Inicialmente, estão previstos investimentos na ordem de R$ 300 milhões de reais em infraestrutura com a construção dos espaços acadêmicos da UEA que ficarão centralizados.

O complexo também contará com estrutura urbana, incluindo condomínios residenciais, áreas comerciais, de lazer e turismo, além de eixos viários. O projeto inicial prevê um espaço de 13.000.000 metros quadrados, com infraestrutura totalmente planejada.

As obras iniciam com a construção da Reitoria e dos prédios de Ciências da Saúde, Ciências Sociais e de Tecnologia, com previsão de inauguração no primeiro semestre de 2014.