Publicidade
Cotidiano
Notícias

Aviso de assaltos nos ônibus divide opinião na CMM

Vereador quer que os coletivos urbanos passem a usar o letreiro "Socorro, estamos sendo roubados", como forma de acionar a polícia para inibir a ação de marginais  26/07/2012 às 18:29
Show 1
Frota de ônibus em Manaus passaria a usar o letreiro como forma de acionar a polícia
acritica.com ---

Projeto de lei que obrigará os transportes coletivos urbanos a usar o letreiro luminoso com a frase : “Socorro, estamos sendo roubados!”, levantou polêmica e dividiu opiniões dos vereadores.

O alerta já é usado em outras cidades e serviu de inspiração para que  o vereador Joaquim Lucena (PSB) buscasse implantá-lo aqui por meio do projeto de lei nº 159/2011, de sua autoria.

O argumento  para a aprovação do projeto é uma forma de acionar a ação policial. A proposta entrou  em pauta na sessão de terça-feira (24) mas foi retirada para análise e pedido do vereador e primeiro vice-presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM) , Marcel Alexandre, que emitirá parecer.

Nas discussões em plenário, o vereador Homero de Miranda Leão (PHS) levantou um questionamento quanto à periculosidade da informação externada no ônibus. Para ele (Homero), o assunto merece ser avaliado sob os critérios. “No momento de um assalto, essa mensagem não poderia se tornar perigosa e causar pânico aos passageiros? Acredito que isso pode resultar em atitudes perigosas”, discordou.

Para o autor, o PL é importante para a segurança da população que utiliza o ônibus como meio de transporte. Ele afirma que em outras capitais do Brasil o letreiro já é utilizado e não vê motivos para que em Manaus o sistema não funcione. “Resolvi apresentar esse projeto na tentativa de contribuir com a segurança pública. Pode ser que ao se sentirem expostos devido à informação da placa, os marginais se sintam ameaçados”, comenta o vereador.

Marcel avaliou o projeto como bom e lamentou o alto índice de assaltos e disse que precisava estudar o conteúdo, que, segundo ele, poderia até ser discutido em audiência pública por se tratar de um assunto importante. “Essa realidade é triste e gostaria de avaliar o PL porque me preocupo com a segurança”.


Já o vereador Jaildo dos Rodoviários (PRP) disse que a proposta vem colaborar com a segurança, principalmente, de quem trabalha no transporte. “Temos notícias que os ônibus são assaltados diariamente e o letreiro pode inibir a ação dos ladrões”. Lucena foi parabenizado pela iniciativa e teve o projeto subscrito pelos colegas Jaildo, Wilton Lira (PDT) e Cida Gurgel (PRP).

Com informações da assessoria de comunicação da Câmara Municipal de Manaus (CMM)