Publicidade
Cotidiano
Notícias

Barcos levam conhecimento e apoio aos empreendedores do interior do Amazonas

Embarcações, com cinco tripulantes e três funcionários do Sebrae, são dotadas de estrutura de atendimento e deverão atender cerca de 600 pessoas entre 23 de julho e 12 de agosto  31/07/2012 às 10:01
Show 1
Barco irá levar conhecimento e apoio aos empreendedores do interior
acritica.com Manaus

Três embarcações, as mesmas usadas tradicionalmente no transporte de passageiros que viajam pela Amazônia, desde o dia 23 de julho estão pelos rios do Amazonas, com a missão de levar apoio e conhecimento aos empreendedores, em especial os que atuam nos municípios mais longínquos do Estado.

As embarcações do Sebrae, ainda este ano, deverão passar por mais de 40 municípios, abrangendo as calhas dos rios Amazonas, Rio Negro, Rio Madeira, Rio Solimões e entorno de Manaus.

A iniciativa é nova e começou no dia 23 de julho com a viagem de dois barcos, um partindo do município de Maués (a 258 quilômetros de Manaus), passando pelos municípios de Boa Vista do Ramos e Barreirinha; o segundo barco zarpou no mesmo dia, saindo de Barcelos (a cerca de 400 quilômetros de Manaus) passando por Santa Isabel do Rio Negro e São Gabriel da Cachoeira, na região conhecida como  Alto Rio Negro.

O objetivo é utilizar embarcações tradicionais como meios de transporte e local de atendimento para empreendedores do interior do Estado, localizados nos chamados territórios da cidadania.

“Estamos utilizando um meio de transporte comum na Amazônia, mas também estamos inovando no sentido de que esses barcos permitem a redução de custos com deslocamento de funcionários e oferece agilidade para as visitas aos municípios”, avalia o diretor-superintendente do Sebrae no Amazonas, Nelson Rocha.

No próximo dia 30 de julho, a o terceiro barco empreende outra viagem, desta vez passando pelos municípios Benjamin Constant (a 1.118 quilômetros de Manaus) e Atalaia do Norte (a 1.136 quilômetros de Manaus). Já no dia 06 de agosto, a quarta visita será aos municípios de Borba, Novo Aripuanã e Manicoré. Cada viagem tem duração média de até 8 dias. 

A meta é visitar ao menos 20 municípios até o final de agosto, buscando atender o maior número possível de empreendedores formais e informais. Além dos barcos, uma vã equipada para atendimento vai percorrer os municípios do entorno de Manaus, com a meta de atender 400 empreendedores.

“Todo essa mobilização nós chamamos de Sebrae Itinerante, e vamos aperfeiçoar este trabalho, com o intuito de levar conhecimento e oportunidades de crescimento aos pequenos negócios do interior”, finaliza a gerente da Unidade de Desenvolvimento Territorial do Sebrae no Amazonas, Socorro Correa.