Publicidade
Cotidiano
Notícias

Bomba de água quebra e deixa alunos de escola municipal sem aula há duas semanas

Alunos da escola municipal Historiador Mario Ipiranga Monteiro estão há duas semanas sem aula porque a bomba do poço artesiano do local está quebrado. Pais reclamam da falta de prazo dado para o conserto e da interrupção das aulas quase no fim do ano letivo 13/11/2012 às 16:58
Show 1
Alunos estão há duas semanas sem assistir aula
Bruno Strahm Manaus (AM)

A Escola Municipal Historiador Mário Ipiranga Monteiro, localizada na rua Visconde de Jequitinhonha, no Parque das Laranjeiras, Zona Norte de Manaus, encontra-se desde o dia 29 de outubro sem aulas. Tudo porque a bomba de água do poço artesiano quebrou.

Responsáveis pelos alunos reclamam da demora no conserto da bomba. Os pais também reclamam que a diretora da escola não dá um prazo concreto para a solução do problema e do possível retorno dos alunos. “É um absurdo que há duas semanas as crianças estejam sem aula e ainda assim sem previsão de retorno”, informou uma mãe indignada, que não quis ser identificada.

Segundo informações da assessoria da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o conserto da bomba de água deverá ocorrer entre sete a dez dias. Eles informaram ainda que as aulas perdidas pelos alunos durante este tempo deverão ser repostas para evitar qualquer prejuízo ao seu aprendizado.