Publicidade
Cotidiano
Notícias

Business: sites de negócios são reveladores na hora da contratação profissional

Site de negócios é utilizado por grandes corporações como parte dos processos de seleção. Saiba como aumentar suas chances 03/11/2012 às 18:49
Show 1
38% dos que buscam vaga, conseguem
a crítica Manaus, AM

O Linkedin, rede de negócios criada em 2003, já se tornou um canal de contratações. Construtoras, fábricas e empresas de tecnologia incluem o site em seus processos de seleção.  A Whirlpool, fabricante das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid, contratou recentemente sete pessoas para cargos diversos como analista de suprimentos, engenheiro de processos sênior, enfermeira do trabalho e analista de marketing pleno.

Segundo Andrea Clemente, gerente-geral de RH da Whirlpool, o Linkedin é uma ótima ferramenta, e deve ser utilizada como complemento e não substituir a tradicional entrevista presencial, onde o candidato e a empresa podem se conhecer melhor.

Ela dá dicas sobre o que não deve ser feito quando estiver buscando ou oferecendo emprego no Linkedin. Uma delas é evitar mensagens genéricas. Mesmo se uma solicitação para se conectar tiver apenas uma ou duas frases, personalize-a. Ao entrar em contato para perguntar sobre uma oportunidade, adeque a mensagem ao perfil da pessoa para quem  você está enviando e descreva por que você está interessado no trabalho.

Na busca por emprego, não faça contato com alguém sem ler o perfil. “Certifique-se de que você está entrando em contato com a pessoa certa. Visualize o perfil em busca de pistas. Muitas vezes, você pode encontrar pequenos trechos interessantes que vão ajudar você a se destacar durante uma entrevista com um gerente de contratação”, orienta Andrea.

Outra dica é não fazer networking só quando precisa de alguma coisa. Tenha tempo para ajudar os outros em sua rede, não porque você está esperando algo em troca, mas porque você realmente quer que eles tenham sucesso (e você quer, certo?).

Oportunidades surgem frequentemente quando você se reconecta com as pessoas com as quais perdeu contato. Converse com elas para ouvir o que estão pensando e no que estão trabalhando.