Publicidade
Cotidiano
Notícias

Candidatos congressistas vão conciliar campanha com atividade no parlamento

Vanessa, Henrique Oliveira e Pauderney Avelino não vêm obstáculos em  conciliar a campanha à prefeitura de  Manaus e a atividade parlamentar, em Brasília.    18/07/2012 às 20:30
Show 1
Candidatos descartam licença e preferem manter o ritmo de trabalho em Manaus e Brasília
Eloisa Vasconcelos Manaus (AM)

Três dos quatro candidatos do Amazonas que concorrem à Prefeitura de Manaus, Vanessa Grazziotin (PCdo B), Henrique Oliveira (PP) e Pauderney Avelino (DEM) pretendem manter o ritmo de atividades que desempenham no Congresso, em Brasília, paralelo às atividades de campanha política em Manaus, neste período do chamado “recesso branco” que iniciou nesta quarta 18, e vai até dia 1º de agosto.

A senadora Vanessa Grazziotin, não pretende se licenciar por conta do calendário de votações no Congresso que neste período são menores e dão condições para manter a ponte Manaus-Brasília-Manaus.

Como a lei permite que o candidato não se licencie Vanessa vai fazer jus a prerrogativa e manter-se participando das votações no retorno do recesso, no dia 1º de agosto.  

De acordo com a assessoria de imprensa da candidata, haverá duas  semanas de esforço concentrado para votações no mês de agosto e  uma semana no mês setembro, o que não implicará em transtornos às ações da campanha política em Manaus.

O deputado Henrique Oliveira disse que estar presente às sessões na Câmara Federal significa consolidar o compromisso assumido com a população de Manaus na campanha política de 2010.

 O candidato diz que com o recesso do Congresso, iniciado nesta quarta-feira e que segue até 31 de julho, vai intensificar as atividades de campnha, como panfletagem, caminhadas nos bairros e reuniões com lideranças que vão servir para montar o Prgrama de Governo.

Agenda diferenciada

De acordo com o candidato com o início das atividades no Congresso, no dia 1º de agosto, os parlamentares irão cumprir agenda diferenciada com sessões em plenário, intercaladas, o que permitirá que ele continue a campanha em Manaus sem prejudicar os trabalhos como deputado federal em Brasília.

O deputado federal Pauderney Avelino disse que vai cumprir com a sua obrigação parlamentar e estará em Brasília no período de recesso branco que diz iniciar em agosto e vai até setembro, nas semanas de esforço concentrado.

Avelino disse que vai cumprir com a obrigação mesmo porque, para tirar licença teria que fazê-la por mais de quatro meses e isso implicaria em repassar o cargo para o suplemente, o que seria um processo complicado. “Como não  haverá prejuízo, vou  compatibilizar a campanha com a minha atividade parlamentar”, disse o candidato, ao acrescentar que já fez isso em legislaturas anteriores.

O portal acritica.com tentou fazer contatos com o deputado federal Sabino Castelo Branco nos números  96 11 xx xx e 96 49 xxxx mas não houve êxito. Operadora informava que os números não existiam.