Publicidade
Cotidiano
Notícias

Carros inteligentes fazem a diferença

Pesquisas buscam equipamentos que aumentem a segurança dos motoristas 07/07/2012 às 11:40
Show 1
Apesar do perigo, motoristas ignoram possibilidade de acidentes
jornal a crítica ---

Todo mundo sabe que falar ao telefone celular e dirigir ao mesmo tempo aumenta drasticamente o risco de acidentes. Maior ainda é o perigo quando o motorista recebe e envia mensagens de texto. Apesar disso, uma grande parte dos motoristas parece disposta a ignorar a possibilidade de se acidentar, causando danos e ameaçando a integridade e a vida de terceiros. Uma solução para o problema está sendo proposta por um grupo de cientistas indianos. Pesquisadores da Anna University of Technology, da cidade de Tamilnadu, desenvolveram um sistema que interfere no sinal de rádio do celular do motorista quando o carro está em movimento.

 O equipamento, porém, não impede que os passageiros do veículo possam usar seus celulares. O bloqueador foi criado visando, principalmente, motoristas de caminhões e ônibus, mas nada impede seu uso em carros de passeio. Uma variante do sistema é capaz de detectar se o celular foi usado com o carro andando e registrar o fato num chip, como os já usados para monitorar a entrada de veículos em áreas de tráfego restrito ou a passagem por postos de pedágio.

A informação pode ser então captada remotamente, gerando uma multa pela infração. Segundo a equipe que desenvolveu o sistema, o uso de celulares ao volante, seja para falar ou para receber e enviar mensagens, está relacionado a pelo menos vinte por cento dos acidentes de trânsito que ocorrem atualmente.

Contra distração
 Os engenheiros do laboratório de Pesquisa e Inovação da Ford estão desenvolvendo tecnologias para ajudar o motorista a manter a atenção no trânsito, com o gerenciamento inteligente da comunicação a bordo. O sistema até poder indicar se há tráfego intenso na faixa quando se acessa uma rodovia.

Nem todos evitam acidentes
Restritos no mercado brasileiro a veículos importados de preço elevado, sistemas eletrônicos de segurança ativa estão cada vez mais disseminados no exterior. A ação desses equipamentos vai da frenagem automática até a emissão de alerta quando o automóvel se desvia da faixa de rolamento sem que o motorista tenha manifestado intenção de trocar de linha.

O primeiro grande estudo sobre a eficácia desses novos recursos, porém, traz surpresas. Alguns demonstram claramente sua eficácia, enquanto outros não parecem fazer diferença. Um levantamento feito pelo Highway Loss Data Institute e seu coligado Institute for Highway Safety aponta que houve uma considerável redução de acidentes em veículos equipados com sistemas de faróis adaptativos e de frenagem automática de emergência. Mas, algo que os pesquisadores não antecipavam é que os sistemas de alerta para troca involuntária de faixa pudesse, em vez de evitar, aumentar o envolvimento em acidentes. Segundo eles, os números levantados não chegam a indicar uma tendência que, se for real, ainda precisaria ser explicada.