Publicidade
Cotidiano
Notícias

Casas lotéricas do País não receberão contas aos sábados

Medida faz parte das ações que serão adotadas pelas Casas Lotéricas no país, até que o sistema de Rede seja normalizado pela Caixa Econômica Federal 27/07/2012 às 10:24
Show 1
A medida é a maneira encontrada para desafogar o sistema informatizado da Rede Lotérica e obter da Caixa Econômica Federal a normalização do sistema que, sob sua gestão, realiza todas as operações das Casas Lotéricas
acritica.com Manaus

As Casas Lotéricas de todo o Brasil passarão a inibir o recebimento de contas de consumo e de boletos bancários aos sábados. A medida é a maneira encontrada para desafogar o sistema informatizado da Rede Lotérica e obter da Caixa Econômica Federal a normalização do sistema que, sob sua gestão, realiza todas as operações das Casas Lotéricas. Esta decisão é resultado da Assembléia Geral, realizada em Brasília, no último dia 11 de julho, com os presidentes dos Sindicatos Estaduais, e a Federação Brasileira das Empresas Lotéricas (FEBRALOT).

A medida é a primeira de uma série de ações a serem realizadas pelas casas lotéricas, entre os dias 28 de julho e 04 de agosto. Além de não receber contas e boletos bancários aos sábados (28/07 e 04/08), no período, também não serão realizadas as aberturas de contas.

“Enquanto estas ações estiverem ocorrendo, a população poderá ser atendida normalmente nas agências da Caixa”, como explica o presidente da FEBRALOT, Roger Benac.

A FEBRALOT e os SINDICATOS ESTADUAIS esperam com esta atitude, obter da Caixa Econômica Federal a atualização técnica do sistema de loterias que, em funcionamento há 06 anos, apresenta sinais de inconsistências (chegando a ficar sem sinal durante 4h e 6hs) principalmente no início de cada mês, período em que se concentra o pagamento das contas e boletos pelos clientes da Rede.

A inibição da realização destes serviços aos sábados é uma orientação da FEBRALOT e será normalizada quando a Caixa anunciar e aplicar as medidas técnicas que solucionarão os problemas atuais. E, o realinhando das tarifas dos 21 serviços realizados pela Rede Lotérica. Dos quais 16 deles, dão prejuízo aos Lotéricos.