Publicidade
Cotidiano
Notícias

Centro Social Urbano considerado o melhor da América Latina está entregue ao abandono no AM

A estrutura básica do complexo continua a mesma de 35 anos atrás. O local está sem coordenação e precisa de reformas estruturais profundas 30/01/2013 às 09:24
Show 1
Etelvino, o “faz tudo” do local, mostra em fotografia como era o CSU na década de 70
Nelson Brilhante ---

Construído pelo então prefeito coronel Jorge Teixeira e inaugurado em 1977 pelo presidente da república. Ernesto Geisel, o Centro Social Urbano (CSU) do Parque Dez, Zona Centro-Sul, passa por uma situação bem diferente da vivida na década de 70, quando foi eleito o melhor da América Latina.

As opções de uso aumentaram o número de frequentadores também (aproximadamente mil por dia), mas a estrutura básica do complexo continua a mesma de 35 anos atrás. As madeiras dos prédios estão dominadas pelos cupins, os banheiros são insuficientes e, em alguns casos, inutilizáveis e, a subestação de energia, até ontem, nunca havia sido trocada.

Até agora a administração municipal não definiu quem será o substituto de Sildomar Abtibol na coordenação do centro. Numa medida de emergência a secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), Gorete Garcia, comandou uma força tarefa que iniciou com a troca da substação, podagem de árvores e a limpeza de toda a área. A medida deixou o espaço sem energia elétrica durante todo o final de semana.

“O prédio da casa de força já estava caindo, o transformador ficava no chão e o sistema já não conseguia sustentar a carga de consumo. Durante anos as reformas aqui são mais é maquiagens, com uma pintura aqui, um pouco de cimento ali”, reclamou o assistente técnico Altemar Botelho.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).