Publicidade
Cotidiano
Notícias

Cerca de 2,4 mil candidatos faltam ao concurso da Ufam em Manaus

Os candidatos alegam que o grande número de desistentes ocorreu devido ao conflito de horários com a prova da Semsa 03/06/2012 às 16:58
Show 1
Concurso da Ufam teve 18% de desistentes
Mariana Lima Manaus

Quase 2,5 mil candidatos faltaram às provas do concurso oferecido pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) realizado neste domingo (3) em Manaus. Conforme a Comissão Permanente de Concurso da Ufam (Comvest/Ufam) o número equivale a 18% dos inscritos. Os candidatos alegam que o conflito de horários entre os certames oferecidos pela Ufam e Secretaria Municipal da Saúde (Semsa) foi o principal motivo do grane número de desistência.

Cerca de 2.430 inscritos se ausentaram das provas da Ufam neste domingo para realizar as provas da Semsa, que aconteciam no mesmo horário. O taxista Jorge Bueno foi um dos inscritos que se sentiu prejudicado. “Eu me inscrevi pros dois, paguei os dois e queria fazer os dois, mas não consegui. Tive que optar pelo concurso da Semsa, pois tinha o maior número de vagas em relação ao da Ufam”, disse.

Bueno, que faria provas para auxiliar administrativo para trabalhar Itacoatiara, disse que estava preparado para realizar os dois concursos, mas que se sentiu profundamente prejudicado pela empresa que realizou o certame da Semsa: “Eu me senti prejudicado pela Cetro Concursos que deveria ter verificado que haveria outro concurso previsto para o dia”, disse.

O candidato afirma que não entrou com recurso contra a Cetro ou a Semad por ter que perder um dos certames. “Escolhi fazer o da Semsa e sei que corro risco dele ser cancelado novamente, mas preferi fazer a prova mesmo assim. Acredito que me dei bem e que devo ser aprovado”, conclui.

Até o momento o Ministério Público do Estado (MPE) não se manifestou sobre uma possível anulação dos concursos.