Publicidade
Cotidiano
Notícias

Cirurgia de Amazonino deve durar cinco horas

Equipe do Hospital Sírio-Libanês (SP) vai desobstruir artérias do coração do prefeito de Manaus. Cirurgia começa às 12h 27/08/2012 às 09:03
Show 1
Depois da cirurgia, que será auxiliada pelo secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, Amazonino Mendes deverá permanecer por dois dias na UTI
Mariana Lima ---

A operação do prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, acontecerá ao meio-dia de hoje no segundo andar do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O processo cirúrgico que irá desobstruir artérias do coração de Amazonino está previsto para durar cerca de cinco horas, terminando no fim da tarde. As informações foram  confirmadas ontem pela equipe médica do hospital paulista e repassadas ao secretário municipal de saúde, Francisco Deodato.

Devido  recomendações médicas, o prefeito passou o domingo  em repouso absoluto se preparando para a cirurgia podendo ver apenas os familiares. Amazonino, que está internado há uma semana, deu início ainda na manhã de sábado ao processo pré-operatório e, para evitar desgaste, pode dar apenas poucos telefonemas no domingo.

Segundo Deodato, na tarde de sábado Amazonino teve uma longa reunião com o chefe da equipe médica que cuida da operação dele. O médico especialista em cirurgia cardiovascular, Fábio Jatene, explicou ao prefeito e os filhos dele como será o processo operatório. “A conversa de ontem (sábado) com o Dr. Fábio foi muito importante para ele. No caso de cirurgia é importante que o paciente esteja tranquilo durante todo o processo cirúrgico. Após a operação, o prefeito precisará ficar uns dias na UTI e esse isolamento tem que ser bem aceito pelo paciente. Amazonino já aceitou e está pronto para a cirurgia”, explicou o secretário de Saúde.

A previsão da equipe médica é de que o pré-operatório tenha início na manhã de hoje e que o prefeito esteja preparado para entrar na sala de cirurgia por volta do meio-dia. Após o processo cirúrgico, Amazonino Mendes deverá ficar pelo menos dois dias na UTI quando voltará ao apartamento localizado no terceiro andar do hospital.

As etapas cirúrgicas serão acompanhadas pelos filhos de Amazonino que estão ao lado do pai desde o inicio dos exames. Além dos cinco médicos que compõem a equipe de operação do prefeito, o secretário de Saúde Francisco Deodato também irá auxiliar a cirurgia e posteriormente acompanhar a recuperação. “Estou indo para São Paulo hoje (ontem) a noite e não tenho previsão para voltar a Manaus”, disse.

A secretária de Comunicação do município, jornalista Celes Borges, que chegou de São Paulo na sexta-feira disse que Amazonino continua confiante, tranquilo e que tem conversado bastante com os amigos mais próximos e com os filhos. “Ele está confiante no sucesso da cirurgia e tem dormido bem nos últimos dias”, disse Celes. O segundo boletim médico do hospital sobre o estado de saúde do prefeito está previsto para sair minutos após a cirurgia.