Publicidade
Cotidiano
Notícias

Começa nesta quinta, 2, julgamento dos réus do Mensalão

São 38 réus, entre políticos, empresários, funcionários que assistirão a um longo debate, no Supremo, entre defesa e acusação, sobre seus destinos em um dos maiores escândalo de corrupção no governo brasileiro 01/08/2012 às 19:52
Show 1
Corte se debruçará sobre os longos processos do Mensalão por todo mês de agosto
acritica.com ---

Supremo Tribunal Federal (STF) inicia nesta quinta-feira um  longo debate sobre o destino dos 38 réus do Mensalão, políticos, empresários e funcionários, envolvidos  num dos maiores escândalos de corrupção do governo brasileiro, ocorrido na  primeira  gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2006).

De acordo com o Ministério Público Federal, o escândalo, foi denominado Mensalão por tratar-se de estratégias de pagamento de propina a parlamentares para que estes votassem a favor dos projetos do governo.

As denúncias sobre o escândalo surgiram em junho de 2005 por meio de entrevista dada ao jornal “Folha de São Paulo” pelo então deputado Federal Roberto Jefferson (PTB-RJ). O deputado denunciou que eram pagos R$ 30 mil para congressistas aliados votarem nos projetos do governo.

As denúncias envolviam políticos do governo Lula e partidos políticos . Entre eles o ministro da Casa Civil do Governo, José Dirceu, considerado o “chefe do esquema”, o tesoureiro do Partido dos Trabalhadores Délubio Soares seria o responsável pelo pagamento do mensalão aos parlamentares  e o publicitário Marcos Valério, que operacionalizava o esquema.

Além do PT foram apuradas a participação no esquema de parlamentares dos seguinte partidos: PL, PP, PMDB e PTB     

Julgamento

De acordo com a cobertura do site Uol, neste primeiro dia de julgamento será feita ‘apresentação do relatório do ministro Joaquim Barbosa e da acusação pela Procuradoria Geral da República”. Do dia 3 até o dia 04 de agosto, “começam as defesas dos reús em sessões de cinco horas diárias (das 14 às 19). Cada advogado terá uma hora para apresentar a defesa.  

O julgamento deve seguir por todo o mês de agosto.

De acordo com matéria de Fernanda Calgaro, Do Uol, em Brasília, advogados  ouvidos sobre o resultado do julgamento avaliaram que, “se condenados à prisão, os réus do processo do Mensalão só deverão ir para a cadeia após a análise dos recursos da defesa”.


Com informações do Uol