Publicidade
Cotidiano
Notícias

Confira dicas para conquistar bons investidores

Segundo Marreiros, o primeiro passo é criar um modelo de negócio (business model generation) para demonstrar a viabilidade do empreendimento 03/11/2012 às 18:34
Show 1
Convencer investidores de que o projeto vale a pena exige preparo
a crítica Manaus, AM

Muita gente acha que uma boa ideia, por si só, basta para justificar o aporte de recursos por parte de investidores. Há, sem dúvida, pessoas com “bala na agulha” procurando ideias inovadoras para apostar, mas elas precisam ser convencidas de que o investimento valerá a pena, isto é, que trará retorno. O problema é que, frequentemente, nem o próprio empreendedor tem uma noção muito clara disso.

Que o diga o microempresário Fábio Marreiros, idealizador da startup Service List – um site que vai funcionar como canal entre prestadores de serviços e seus clientes potenciais. Desde a concepção do projeto até a conquista de um investidor, um árduo caminho foi percorrido, com muitas respostas negativas. Mas ele aprendeu o caminho das pedras, conseguiu um aporte de R$ 200 mil e conquistou a terceira colocação no Desafio Brasil – Norte e Nordeste –, importante competição de startups.

Segundo Marreiros, o primeiro passo é criar um modelo de negócio (business model generation) para demonstrar a viabilidade do empreendimento. É uma ferramenta que detalha nove tópicos fundamentais para o sucesso de qualquer negócio, como o segmento de consumidores a ser atingido, o produto, a relação com clientes, parceiros chaves, a estrutura de custos, entre outros.

Com essas informações nas mãos fica mais fácil sair à procura de possíveis investidores. Sobre esse ponto, Bel Pesce, jovem empreendedora brasileira no Vale do Silício, dá uma dica preciosa: ao visitar um possível parceiro, não se apresentar como alguém que quer dinheiro, mas sim, conselhos. Isso vai desarmar o investidor, deixando-o mais receptivo à ideia.

Para Marreiros, é bom seguir uma escala. “Busque primeiro com familiares. Se não encontrar, vá com amigos mais próximos. E não deixe de participar de meetups, competições de startups e encontros de empreendedores. Não tenha medo de mostrar sua ideia”, orienta.