Publicidade
Cotidiano
Notícias

Corpo de Niemeyer chega ao Palácio do Planalto para velório

O corpo de Niemeyer foi recebido pela presidenta Dilma Rousseff, junto com a guarda dos Dragões da Independência. A presidenta está acompanhada da viúva do arquiteto 06/12/2012 às 15:40
Show 1
Corpo de Oscar Niemeyer chega ao Palácio do Planalto onde será velado até a noite desta quinta-feira ,6
Luana Lourenço e Danilo Macedo /Agência Brasil Brasília

O corpo do arquiteto Oscar Niemeyer chegou agora há pouco ao Palácio de Planalto, onde será velado até a noite desta quinta-feira (6). Niemeyer morreu na quarta-feira (5), no Rio de Janeiro, aos 104 anos.

O corpo saiu do Rio de Janeiro às 13h, chegou à Base Aérea de Brasília por volta das 14h20 e veio em cortejo pelo Eixo Rodoviário e pelo Eixo Monumental, duas das principais vias de Brasília.

Na chegada ao Palácio do Planalto, o corpo de Niemeyer foi recebido pela presidenta Dilma Rousseff, junto com a guarda dos Dragões da Independência. A presidenta está acompanhada da viúva do arquiteto, Vera Niemeyer. Até as 16h, o velório no Palácio será apenas para parentes e autoridades. Das 16h às 20h, será aberto ao público.

O corpo está sendo velado no Salão Nobre do Palácio. Mais de 30 coroas de flores foram mandadas para a cerimônia de despedida enviadas, por exemplo, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelos governadores Antonio Anastasia (Minas Gerais), Sérgio Cabral (Rio de Janeiro) e Agnelo Queiroz (Distrito Federal).

Entre as autoridades que acompanham o velório estão o vice-presidente Michel Temer, os presidentes do Senado, José Sarney, e da Câmara dos Deputados, Marco Maia; do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa; e os governadores Jaques Wagner (Bahia), Agnelo Queiroz (Distrito Federal) e Renato Casagrande (Espírito Santo), além de vários ministros do governo.

Após o velório em Brasília, o corpo do arquiteto será levado de volta ao Rio de Janeiro, onde será velado no Palácio da Cidade e sepultado amanhã (7) no Cemitério São João Batista, em Botafogo.

Oscar Niemeyer morreu na noite de ontem (5), no Hospital Samaritano, em Botafogo, onde estava internado desde o dia 2 de novembro, vítima de complicações renais e desidratação. Por causa de uma infecção respiratória, o arquiteto que estava na unidade intermediária do hospital, ficou sedado e respirando com auxílio de aparelhos. Niemeyer morreu às 21h55. Ele completaria 105 anos no próximo dia 15.