Publicidade
Cotidiano
Notícias

Crescimento de 12% no volume de turistas não gera lucros para o setor hoteleiro no AM

Para a Amazonastur, o Amazonas vem ganhando espaço, mas a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Amazonas (ABIH-AM) tem outra leitura 13/10/2012 às 10:18
Show 1
Estratégia da Amazonastur é vender as peculiaridades da região e do Estado do Amazonas em eventos mundo afora
Jornal Acrítica Manaus

Enquanto vários setores são impactados pela crise econômica, o de turismo se mantém fortalecido no País, conforme avalia o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), por sua vez, diz que, mesmo neste ano de economia conturbada, o volume de turistas cresceu 12,01% no primeiro semestre, em relação a 2011, saltando de 383,84 mil para 429,94 mil.

Empresários do setor dizem que não estão sentindo os efeitos disso em seus hotéis. Muito pelo contrário, reclamam da falta de atenção com a cidade, o quem gerado uma imagem ruim para o turista que visita Manaus, por exemplo.

Por meio de sua assessoria, a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, disse que a vinda de um turista movimenta quase toda a cadeia de serviços de um destino. Isso diz respeito à movimentação na compra de artesanatos, nas vendas do comércio em geral e nos serviços. entre eles, táxi, hotel, mototáxi e restaurantes.

Outra leitura

Na avaliação dos empresários do setor hoteleiro, o quadro não é tão colorido assim. Segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Amazonas (ABIH-AM), Roberto Bulbol, a média ocupacional nos nove do ano se estabeleceu em 52%, enquanto em outros períodos, chegava a 58% ou até mais. Isto tendo como base uma oferta de cinco mil unidades habitacionais.

“Se formos comparar os dados que estão sendo demonstrados com períodos anteriores, por exemplo, julho, agosto e setembro eram meses de alta ocupação, porém, isto não procedeu neste ano”, frisou Bulbol.

Para ele, neste segundo semestre a taxa de capacitação diminui em virtude do número de feriados, como o de ontem e o que ocorrerá no próximo dia 24 – quando ocorre o aniversário da cidade.