Publicidade
Cotidiano
NÚMEROS

David diz que reduziu déficit do AM de R$ 634 milhões para menos de R$ 50 milhões

O anúncio foi feito durante visita do governador ao município de Manaquiri, onde esteve acompanhando obras de pavimentação 19/09/2017 às 20:48
Show governador
Governador David Almeida durante visita ao município de Manaquiri. Foto: Dhyeizo Lemos
acritica.com* Manaus (AM)

O governador David Almeida anunciou nesta terça-feira (19) que encontrou o Estado com um déficit de R$ 634 milhões e vai deixar seu mandato com um déficit de menos de R$ 50 milhões.

“Fizemos o dever de casa. Fizemos cortes, repactuamos contratos no valor de R$ 315 milhões na economia, criamos o Cira (Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos) onde conseguimos recuperar R$ 300 milhões de empresas que sonegavam impostos, destravamos obras e fizemos a economia voltar a crescer no Estado”, disse o governador.

O anúncio foi feito durante visita do governador ao município de Manaquiri (distante a 156 quilômetros de Manaus), onde esteve acompanhando obras de pavimentação nos Ramais do Barro Alto, do Limão e o Ramal da Andiroba. Ao todo, as obras percorrem 17 quilômetros que serão pavimentados naquele município.

David Almeida estava acompanhado de uma comitiva formada pelos deputados estaduais: Belarmino Lins, Augusto Ferraz e Francisco Souza, além dos secretários de Estado de Produção Rural, Dedei Lobo, de Educação, Arone Bentes, de Infraestrutura, Américo Gorayeb, do chefe da Casa Militar, coronel Wilson Martins e do prefeito de Manaquiri, Jair Souto.   

Na ocasião, David Almeida relembrou que quando assumiu a gestão, em maio passado, encontrou R$ 530 milhões para investimentos. “O dinheiro já estava nos cofres do Estado e muitas obras contratadas, só faltando dar o start para que elas tivessem início”, salientou.

O governador enfatizou que com os ajustes no orçamento, foi possível melhorar a arrecadação e ter dinheiro para investir, mesmo sem poder contar com o dinheiro da repatriação, o qual era aguardado para fazer o pagamento das promoções dos policiais e bombeiros militares, além do pagamento do escalonamento da polícia civil.

“Nós esperávamos R$ 180 milhões da repatriação e chegaram apenas R$ 15 milhões. Mas, fizemos os ajustes necessários e conseguimos dar a maior promoção na história da polícia militar e dos bombeiros, além de pagar o 13º salários dos servidores e garantir o maior pagamento da história da Educação no Amazonas com o abono do Fundeb”, disse o governador.

O governador afirmou que o Estado do Amazonas, indo na contramão da crise econômica do país, conseguiu recuperar sua capacidade de crescimento.

No município de Manaquiri, as obras que foram destravadas correspondem a quase R$ 13 milhões. “O Estado voltou a crescer sem aumentar impostos. Nós repassamos para todas as prefeituras do interior, nesses três meses, algo em torno de R$ 187 milhões. Isso representa melhoria na qualidade da população”, disse David Almeida.

*Com informações da Secretaria de Comunicação Social do Amazonas (Secom-AM)