Publicidade
Cotidiano
Notícias

Deficientes visuais têm dificuldade de conseguir cães-guia, alerta especialista

De acordo com especialista, cada cão-guia é único e, para formar um, são necessários dois anos de treinamento 29/10/2012 às 10:14
Show 1
Segundo especialista, o animal tem que ser esterilizado, para que não se distraia
Agência Senado ---

O mestre em Políticas Públicas e Formas Alternativas de Energia Carlos Penna Brescianini lamentou, nesta segunda-feira (29), a dificuldade dos deficientes visuais para conseguir cães-guia. Segundo informou, existem 1,4 milhão de pessoas com algum grau de dificuldade visual no Brasil. Se a metade delas precisasse de um guia, observou Brescianini, seriam necessários 40 anos para formar os cães.

‘O animal tem que ser esterilizado, para que não se distraia. Por isso, um bom cão-guia não deixa descendência. Cada cão-guia é único e, para formar um, são  necessários dois anos’, explicou o especialista durante reunião da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) que debate projetos do Ministério das Cidades sobre acessibilidade.

O secretário nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Antonio José Nascimento Ferreira, informou que o governo está investindo em sete centros de treinamento de cães-guia nas cinco regiões do país.