Publicidade
Cotidiano
DEFESA CIVIL

Desastres naturais atingiram 86 mil pessoas no Amazonas em 2017

Enchente, estiagem, queimadas e deslizamentos de terras foram os sinistros que afetaram milhares de pessoa, aponta a Defesa Civil do Estado 09/10/2017 às 21:08 - Atualizado em 10/10/2017 às 07:23
Show anama
Cidade de Anamã teve 100% das casas inundadas neste ano (Foto: Arquivo/AC)
Silane Souza Manaus (AM)

Em torno de 86 mil pessoas foram afetadas por desastres naturais este ano no Amazonas. Em 2016, foram 92 mil, e 2015, 112 mil. As informações foram reveladas para A CRÍTICA pelo secretário-executivo da Defesa Civil do Estado, Fernando Pires Júnior, durante a abertura da Semana Nacional de Redução de Desastres, cujas atividades tiveram início ontem e seguem até amanhã no Parque Sumaúma, no bairro Cidade Nova, Zona Norte.

De acordo com Fernando Pires, os sinistros foram provocados especialmente pela enchente, estiagem, queimadas e deslizamentos de terras. “A população da cidade de Anamã, por exemplo, foi toda afetada pela cheia deste ano que inundou 100% das casas da região. A estiagem também tem atingido a população do interior, não na mesma magnitude da enchente, no entanto, faz com que o caboclo sofra mais devido ao isolamento causado pelo baixo nível dos rios”, afirmou.

Ele reconhece que a proporção de vitimados pelos desastres diminui muito pouco no Amazonas, por isso diz que o foco das ações é a prevenção. Tanto que a proposta da Semana Nacional de Redução de Desastres deste ano, que traz o tema “Educar para Prevenir”, é instruir os estudantes quanto aos riscos de desastres naturais, principalmente em áreas de vulnerabilidade do Estado, e torná-los multiplicadores de conhecimento, com intuito de conscientizar a sociedade.

Para Fernando Pires, trazer a Política Nacional de Defesa Civil para dentro das escolas também é uma forma estratégica de ajudar o Brasil, que está em 10º lugar no ranking dos países com o maior número de vítimas por desastres, a atingir a meta do Marco de Sendai para Redução do Risco de Desastres 2015-2030. Além de reduzir os riscos de desastres naturais no mundo, o objetivo também é tornar as vítimas resilientes, ou seja, com mais capacidade de lidar com os problemas, adaptar-se a mudanças e superar os obstáculos nas mais diversas situações.

O Amazonas conseguiu avançar nessa direção de 2015 para cá. Conforme o secretário-executivo da Defesa Civil do Estado, Manaus ganhou a certificação de cidade resiliente, capaz de responder a um desastre, a primeira do Norte do País, e os núcleos de coordenadorias de Defesa Civil, que trabalham ativamente as políticas nacional, estadual e municipal de defesa civil, aumentaram de 30 para 55. “A ideia do novo governo é dar continuidade nas ações. Estamos entrando com 100% nessa área de prevenção”.

Alunos recebem instruções

Os primeiros alunos que receberam as instruções sobre como agir em situação de emergência foram da Escola Municipal Ana Mota Braga, do bairro São Sebastião, Zona Sul. A atividade da Semana Nacional foi no Parque Sumaúma, Cidade Nova, Zona Norte.

Temas diretamente ligados ao dia a dia da população, como as enchentes, estiagens, queimadas, deslizamentos de terras, entre outros, foram ministrados aos estudantes pelos técnicos da Defesa Civil do Estado com a ajuda do mascote “Chico Prevenido”.

Os alunos também fizeram uma visita técnica ao parque, avaliando possíveis cenários de desastre. A estudante Stefanny Kimbelly, 11, disse que foi a 1ª vez que participou de uma atividade do tipo e transmitirá o conhecimento à sua comunidade. “Temos que cuidar do meio ambiente porque ele é muito importante para nós”, afirmou.

Semana Nacional

Semana Nacional de Redução de Desastres foi instituída pela Presidência da República em 2005 e é destinada a aumentar o senso de percepção de risco da sociedade brasileira,  apostando na conduta preventiva e preparativa, principalmente das comunidades que vivem em áreas de risco.

No âmbito estadual, por meio da lei nº 3.576, ficou instituído também a segunda quarta-feira de outubro de cada ano, como o Dia Estadual de Redução de Desastres.

Capacitação

Na próxima semana, a Defesa Civil do Amazonas realizará um curso de capacitação para os coordenadores de Defesa Civil de todo o Estado visando preparar as coordenadorias para as políticas nacional, estadual e municipal de proteção e trabalhar planos de contingências.