Publicidade
Cotidiano
Notícias

Detran-AM orienta motociclistas sobre e 'rachas' e adeptos pedem batedores para ‘rolés’

Envolvidos em corridas clandestinas, que tiveram seus veículos apreendidos, foram os principais convidados para a reunião.Eles se dividem em equipes como: Amazon Riders, Planeta Moto, Família Shineray, Equipe Xenon, Equipe K, Equipe 26 do Norte e Aeroclube 15/07/2015 às 21:39
Show 1
Leonel Feitosa foi pessoalmente falar com os condutores de motocicletas
Kamyla Gomes Manaus (AM)

Com o objetivo de conscientizar os motoqueiros contra os “rachas” realizados nas ruas de Manaus, principalmente na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, Zona Oeste, o presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Amazonas (Detran-Am), Leonel Feitoza, se reuniu com grupos de motociclistas na noite de ontem, no auditório do órgão.

Os envolvidos em corridas clandestinas, que tiveram seus veículos apreendidos, foram os principais convidados para a reunião. Divididos em diversas equipes, entre elas Amazon Riders, planeta Moto, Família Shineray, Equipe Xenon, Equipe K, Equipe 26 do Norte e Aeroclube, mais de 20 motoqueiros reivindicavam por batedores durante seus encontros e pediam o apoio do Governo e do Detran, pois segundo eles, os “rolés”, como os próprios denominam, são realizados apenas por hobby.

“O que queremos é dar segurança para eles nos eventos e passeios que eles fazem. Hoje, na maneira de como é feito, eles se expõem correndo o risco de atingir uma pessoa”, destacou Feitoza.

“Tem muito motoqueiro sem capacete, motos sem retrovisor, então queremos que haja o batedor para que apenas os culpados fossem prejudicados pelos seus atos. Pois eles acabam ‘queimando’ a gente, não queremos ser visto de uma má forma”, disse o motociclista William, líder da equipe Xenon.

O presidente do Detran informou que o órgão planeja disponibilizar espaços para que eles  “tenham a segurança para brincar”. “Poderá ser o nosso próprio centro de treinamento, que aos finais de semana fica fechado, ou podemos fazer uma parceria  com a moto Honda, que também tem um grande centro de treinamento.Será um lugar com ambulância e paramédico”.

Por último, Feitoza destacou a possibilidade dos motociclistas criarem uma pauta com as reivindicações e marcou uma próxima reunião para o dia 26.