Publicidade
Cotidiano
Notícias

Dilma inaugura Castelão, primeira arena concluída para a Copa

A reforma do Castelão incluiu obras de modernização e ampliação para se adequar às exigências da Fifa. A cerimônia ainda terá o governador do Ceará, Cid Gomes, e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo 16/12/2012 às 13:56
Show 1
Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Danilo Macedo /Agência Brasil ---

A presidenta Dilma Rousseff inaugura neste domingo (16), em Fortaleza, a partir das 18h40 (horário de Brasília), a primeira arena concluída para a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014, o Estádio Plácido Aderaldo Castelo, o Castelão. A presidenta chegou nesta madrugada na capital cearense vindo de Moscou, onde estava em missão oficial e se encontrou com o presidente russo Vladimir Putin e o primeiro-ministro Dmitri Medvedev.

A reforma do Castelão incluiu obras de modernização e ampliação para se adequar às exigências da Fifa. A cerimônia ainda terá o governador do Ceará, Cid Gomes, e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo. O cantor Raimundo Fagner fará um show para as cerca de 20 mil pessoas esperadas para a festa. De acordo com o governo cearense, a entrada é gratuita e serão oferecidos ônibus extras para transportar a população ao estádio.

As obras de reforma e ampliação do Castelão custaram, segundo o governo cearense, R$ 518,6 milhões. A moderna arena terá capacidade para 64 mil torcedores e estacionamento coberto para 1,9 mil veículos. No dia 27 de janeiro, o estádio receberá duas partidas inaugurais: o Ceará joga contra o Bahia e o Fortaleza enfrenta o Sport pela Copa do Nordeste. Em junho, será palco de jogos da Copa das Confederações e receberá seleções do Brasil, da Espanha e do México.

Os governos federal, estadual e municipal têm obrigações repartidas de acordo com o caderno de responsabilidades da Copa do Mundo. Enquanto ao município cabem as obras de mobilidade para acesso ao estádio, o governo estadual é responsável pelas obras do Castelão e do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). O governo federal fica com as ampliações do Porto de Mucuripe e do Aeroporto Pinto Martins.

Antes da inauguração do Castelão, às 16h10 (horário de Brasília), a presidenta Dilma visita o Hospital da Mulher de Fortaleza acompanhada da prefeita Luiziane Lins e do ministro da Saúde, Alexandre Padilha. A prefeitura da cidade receberá do governo federal R$ 2,1 milhões mensais pra a manutenção do hospital, inaugurado oficialmente em agosto e um dos maiores centros especializados no atendimento à mulher.

Essa é a primeira vez que Dilma volta a Fortaleza desde antes da disputa eleitoral municipal, que colocou em lados opostos dois aliados de seu governo: o governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita Luiziane Lins (PT), que apoiaram candidatos diferentes à prefeitura da cidade.