Publicidade
Cotidiano
Notícias

Drogaria da Zona Centro-Oeste de Manaus vendia atestados falsificados

A reportagem que estava com câmeras escondidas foi atendida pelo balconista, que posteriormente combinou o dia e horário para a entrega do atestado. Ao retornar ao estabelecimento o dono, identificado apenas como Nilo, preencheu o documento. 18/09/2012 às 20:34
Show 1
Atestado era vendido por R$20
acritica.com Manaus

A equipe de reportagem da TV A Crítica flagrou um esquema de venda de atestado médico dentro da drogaria Normandão, localizada no Bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus. O documento era vendido por R$20.

A reportagem, que estava com câmeras escondidas, foi atendida pelo balconista que posteriormente combinou o dia e horário para a entrega do atestado. Ao retornar ao estabelecimento o dono, identificado apenas como Nilo, preencheu o documento.

Trata-se de um atestado do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto. O carimbo está no nome do médico Luiz Mário Peixoto, que aparece como endocrinologista. Foi através do número de registro que a equipe conseguiu chegar até ele e descobriu que na verdade, o médico é cardiologista.

O médico garantiu que nunca trabalhou no 28 de Agosto e ficou revoltado com a fraude. Para mostrar que não teve nenhuma participação no esquema, o médico carimbou e assinou para comparações.

Ao retornar à drogaria, o esquema foi desmentido pelo balconista.