Publicidade
Cotidiano
FIM DE ANO

Economia do AM vai receber R$ 2 bilhões com 13º salário, aponta Dieese

Montante é cerca de 0,3% superior àquele calculado para o ano de 2016 e representa em torno de 2,2% do PIB estadual 08/11/2017 às 17:32 - Atualizado em 09/11/2017 às 09:16
Show capa 704ae5
Foto: Arquivo/AC
acritica.com Manaus (AM)

A economia amazonense deverá receber, até o final de 2017, a título de 13° salário, pouco mais de R$ 2 bilhões, aproximadamente 1,0% do total do Brasil e 21,9% da região Norte. Esse montante é cerca de 0,3% superior àquele calculado para o ano de 2016 e representa em torno de 2,2% do PIB estadual. Os números são do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O contingente de amazonenses que receberá o décimo terceiro foi estimado em 897.484 mil, um 2% a menos que o número de trabalhadores que receberam 13º no ano anterior e o correspondente a 1,1% do total que terá acesso ao benefício no Brasil este ano. Em relação à região Norte, equivale a 20%.

Em relação aos valores que cada segmento receberá, nota-se a seguinte distribuição: os empregados formalizados, inclusive os empregados domésticos ficam com 74,9% (R$ 1,54 bilhões) e os beneficiários do INSS, com 18,1% (R$ 371,24 milhões), enquanto aos aposentados e pensionistas do estado do Regime Próprio caberão 6,1% (R$ 125,41 milhões).

O valor médio pago em forma de 13º em 2017 será de (R$ 2.128,49), um aumento de 2,1% em relação ao valor médio pago em 2016.

Mais de R$ 200 bilhões na economia

Até dezembro de 2017 estima-se que deverão ser injetados na economia brasileira mais de R$ 200 bilhões, com o pagamento do 13º salário. Este montante representa aproximadamente 3,2% do Produto Interno Bruto (PIB) do país e será pago aos trabalhadores do mercado formal, inclusive os empregados domésticos; aos beneficiários da Previdência Social e aposentados e beneficiários de pensão da União e dos estados e municípios.

Cerca de 83,3 milhões de brasileiros serão beneficiados com um rendimento adicional, em média, de R$ 2.251.