Publicidade
Cotidiano
nota Eletrobras

Eletrobras só deve divulgar nesta segunda o motivo do apagão que ocorreu em Manaus

A empresa atribuiu o apagão a uma ‘intensa descarga atmosférica’. Ao ser questionada sobre informações mais específicas, a assessoria da Eletrobras disse que mais informações devem ser divulgadas apenas na próxima segunda-feira (9), após o levantamento das causas ser finalizado.        07/01/2012 às 13:51
Show 1
Empresa divulga nota justificando motivo da interrupção de energia na noite de sexta-feira
acritica.com Manaus

A empresa Eletrobras Amazonas Energia divulgou nota sobre a falta de energia generalizada em Manaus ocorrida na noite dessa sexta-feira (6). De acordo com a empresa, um desligamento do sistema elétrico de Manaus foi registrado por volta das 18h45, e foi provocado por uma intensa descarga atmosférica.

Ao ser questionada sobre informações mais específicas, a assessoria da Eletrobras disse que mais informações devem ser divulgadas apenas na próxima segunda-feira (9), após o levantamento das causas ser finalizado.      

Segundo nota divulgada, o serviço de fornecimento de energia elétrica foi restabelecido por volta das 20h33, “dentro das condições de segurança e confiabilidade necessárias”, levando em consideração a complexidade do evento em função do horário (noite) e condições climáticas (chuva intensa), que dificultaram as inspeções técnicas.

A ocorrência e todas as providências tomadas foram acompanhadas pessoalmente pelo diretor-presidente da empresa, Marcos Aurélio Madureira, juntamente com os diretores Tarcísio Rosa e Radyr Oliveira, diretamente do Centro de Operação da Distribuição, em Manaus, até a resolução do evento.

A nota assinada pela Direção da empresa  informa ainda que  as causas da ocorrência estão sendo analisadas visando o desenvolvimento de medidas mitigadoras.

Na manhã deste sábado, a assessoria de imprensa da Eletrobras Amazonas energia informou por telefone que equipes ainda trabalham no levantamento de dados mais pormenorizados sobre as causas da falta de energia. Na segunda-feira (9), a empresa vai divulgar um relatório sobre o ocorrido.