Publicidade
Cotidiano
Notícias

Em seu segundo dia como prefeito de Manaus, Massami Miki se dedica a atividades ambientais

Vereador assumiu o exercício durante quatro dias por causa da ausência das autoridades que deveriam, na linha sucessória, assumir a função 21/01/2012 às 17:03
Show 1
O prefeito em exercício Massami Miki fez vistas em várias áreas de atividades ambientais em Manaus
acritica.com Manaus

No seu segundo dia de mandato como prefeito em exercício de Manaus, o vereador Massami Miki decidiu se dedicar às atividades ambientais. Na manhã deste sábado (21) ele visitou as unidades de conservação do Parque Nascente do Mindu e do Jardim Botânico Adolpho Ducke, ambas geridas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

No Mindu, ele conheceu a estrutura física construída na atual gestão da prefeitura de Manaus para abrigar administração, auditório para atividades de educação ambiental e o projeto de horta comunitária desenvolvida em parceria com a Câmara Nipo Brasileiro do Comércio. Ele também visitou as nascentes do Mindu.

Antes da visita a estas áreas, ele esteve na sede da Semmas e viu o funcionamento o serviço de atendimento às denúncias pelo número 08000 92 2000. Ali, ele constatou a presença de equipes atendendo e fiscalizando.

Durante a visita ao Mindu, ele viu a necessidade de asfaltamento nas ruas do entorno que dão acesso ao parque.

No Jardim Botânico percorreu trilhas e conheceu as instalações do Museu da Amazônia (Musa). Além destes locais, ele também visitou a Cidade da Criança, onde identificou a ausência de um espaço para realizar atividades ambientais.

Após as visitas, Massami disse que durante sua atuação como vereador, em 2012, vai ter como foco o meio ambiente. Um de seus projetos é criar uma associação de agentes ambientais voluntários e pedir cessão dos ônibus para roteiros ambientais com grupos formados.

Ao visitar o Mindu,  constatou que é preciso realizar uma atividade em interação com a comunidade para viabilizar um plantio de hortaliças. Ele se comprometeu em obter adubo orgânico com apoio da Colônia Japonesa que existe em Manaus.