Publicidade
Cotidiano
Notícias

Em seu último dia na França, Dilma tem agenda intensa

Dilma chega a Moscou às 23h (17h nesta quarta-feira em Brasília). Em discussão, a ampliação de parcerias nas áreas de energia e gás, além do setor espacial 12/12/2012 às 08:16
Show 1
Dilma Rousseff
Renata Giraldi/ Agência Brasil ---

No último dia da visita a Paris, na França, a presidenta Dilma Rousseff participa nesta quarta-feira(12) da 81ª Assembleia Geral da União Internacional de Ferrovias (UIC) e do seminário empresarial Desafios e Oportunidades de uma Parceria Estratégica. Ela se reúne ainda com o prefeito da capital francesa, Bertrand Delanoe, e o presidente do Senado, Jean-Pierre Bel. Depois, Dilma segue de Paris para Moscou, na Rússia.  A viagem deve ser a última internacional da presidenta em 2012.

Dilma chega a Moscou às 23h (17h de hoje em Brasília). Em discussão, a ampliação de parcerias nas áreas de energia e gás, além do setor espacial. É possível que também entre em pauta a venda de carne bovina para os russos.

Ontem (11), em Paris, Dilma teve encontro com o presidente da França, François Hollande. Foi o segundo em seis meses, pois em junho ambos estiveram juntos na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, no Rio de Janeiro. Eles conversaram sobre a crise econômica internacional e projetos nas áreas de defesa, educação, ciência, tecnologia e inovação.

Na visita à França, Dilma também definiu a parceria para a ampliação da oferta de bolsas para brasileiros interessados em estudar na França. A meta é aceitar alunos de pós-graduação e gradução. O memorando de entendimento será assinado hoje  entre os ministérios brasileiros da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação e o Ministério do Ensino Superior e da Pesquisa da França.

Hoje (12), o  o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, participam do Fórum Fórum pelo Progresso Social - O Crescimento como Saída para a Crise, organizado pelo Instituto Lula e pela Fundação Jean Jaurès. Foram convidadas 25 pessoas consideradas de destaque internacional. Lula participará da mesa-redonda Reflexões para o Futuro e Mantega dos debates sobre justiça social em uma economia globalizada.