Publicidade
Cotidiano
'FARRA'

Em Tefé, detentos faziam festa regada à pizza e cerveja na cadeia

Revista realizada na última quarta-feira, depois que fotos vazaram nas redes sociais, encontrou celulares, carregadores, drogas e armas de fogo 23/04/2018 às 07:07
Show whatsapp image 2018 04 22 at 17.32.51
Joana Queiroz Manaus (AM)

Dezenove celulares, 24 carregadores, além de arma de fogo, droga e dinheiro foram encontrados na unidade prisional do município de Tefé (a 522 quilômetros de Manaus) na última quarta-feira, após uma revista. A ação que acabou com a 'farra' dos detentos só foi divulgada neste domingo. 

A quantidade de objetos não permitidos dentro da cadeia surpreendeu os policiais, principalmente pela quantidade de celulares. Além dos aparelhos, foram também foram encontrados  chips,  157 trouxinhas de maconha do tipo skank, dois cachimbos, dois serrotes, duas balanças de precisão e sete tesouras. Um revólver com munição também estava em poder dos detentos. Atualmente, a população carcerária do presídio de Tefé conta com 110 preso, sendo quatro mulheres.

De acordo com nota  enviada pela Secretaria de  Estado da Administração Penitenciária (Seap),  o objetivo da revista foi retirar objetos não permitidos da unidade. Cinco celas do regime fechado passaram por revista, assim como a ala feminina.

Moradores da cidade disseram que a revista só aconteceu depois que imagens de presos fazendo festa regada a pizza  e cerveja dentro da cadeia  vazaram nas redes sociais. Também há a suspeita de que presos estivessem saindo da unidade para praticar crimes e depois voltavam para as celas.

 Mudança

 A Seap confirmou que as festas aconteceram e que as  providências foram tomadas. No entanto, a secretaria explicou que as fotos publicadas da “farra” dos detentos são antigas (de 2017) e que outras ações de revistas vêm sendo realizadas para evitar que ocorrências  semelhantes voltem a se repetir.

Assim que tomou conhecimento das denúncias à época, a Seap informou que, exonerou a direção da unidade prisional e nomeou outro diretor para Tefé.  Uma das medidas tomadas pela nova direção  logo que assumiu foi apresentar  à pasta  uma relação de internos que precisam ser transferidos. Um deles foi identificado como “Fausto”.

A Secretaria ainda está aguardando a análise dos pedidos de transferência que foram enviados a Vara de Execução Penal (VEP) de Manaus.

Publicidade
Publicidade