Publicidade
Cotidiano
será?

Ao se despedir do MME, Braga diz que ‘não se fala mais em falta de energia em Manaus’

Apesar das afirmações, a capital e o interior do Amazonas continuam vivendo a instabilidade no sistema de energia, e qualquer chuva pode causar interrupções no serviço 21/04/2016 às 19:00 - Atualizado em 21/04/2016 às 19:09
Show sem t tulo
Eduardo Braga postou vídeo em suas redes sociais se despedindo do Ministério de Minas e Energia e do governo Dilma Rousseff
Vinicius Leal Manaus

O senador licenciado e ex-ministro de Minas e Energia Eduardo Braga (PMDB-AM), disse que “não se fala mais em falta de energia” elétrica em Manaus e no interior do Amazonas. A declaração foi dada em um vídeo publicado nas redes sociais do político, onde ele informa a sua saída e se despede do governo Dilma Rousseff.

“Não se fala mais em falta de energia, seja no Brasil, seja na minha querida Manaus, seja no interior do Estado do Amazonas”, disse Braga, exaltando o trabalho feito por ele nos 16 meses que atuou como ministro. Nos 2 minutos e 30 segundos de vídeo, o senador também pontua as obras realizadas no MME, como novos grupos geradores de energia e a nova usina Mauá 3.

Apesar das afirmações de Braga, Manaus e vários municípios do interior do Amazonas continuam vivendo instabilidade no sistema de energia elétrica, e qualquer chuva pode causar interrupções no serviço, como ocorreu na madrugada desta quinta-feira (21) em vários bairros da capital.

Interrupções

Na Zona Norte, no bairro Nova Cidade, moradores sofreram por quase 12 horas sem energia, após uma forte chuva atingir aquela região na madrugada. Segundo o eletricista Felipe Almeida, 19 anos, a luz foi embora às 5h desta quinta, após a chuva, e voltou somente às 16h de hoje. “Estávamos dormindo e tudo se apagou. De vez em quando acontece, mas é rápido. Dessa vez foi diferente”, disse.

No conjunto União da Vitória, bairro Tarumã, Zona Oeste, também houve falta de energia. “Foi embora umas 4h, 10 minutos antes da chuva, e foi voltar às 7h. Não teve explosão, não teve nada, e foi desligada”, disse a jornalista e dona de casa Islânia Lima, 33, que tem uma filha pequena, de 2 anos. “Para cá é um local de muito matagal e mosquito. Foi um sufoco porque fiquei abanando ela”, disse.

Segundo Islânia, as interrupções de energia ocorrem em horários fixos. “Eles tiram um horário. É sempre num horário redondo. Ano passado acontecia toda semana. Tiravam (a energia) três ou quatro horas (por dia). Ia às sete da noite e voltava às 23h, ou ia às quatro da tarde e voltava oito da noite. A suspeita é que eles estejam tirando energia da gente para jogar para outro lugar, que exista furto de energia”, contou.

Na noite desta quarta-feira (20), também faltou energia no Batalhão de Guardas da PM, que fica localizado no bairro Monte das Oliveiras, na Zona Norte, o que contribuiu para um princípio de rebelião dos PMs detentos no local.

Concessionária

A Eletrobras Amazonas Energia foi procurada pela equipe de reportagem para comentar as constantes interrupções no fornecimento de energia elétrica em Manaus, e também informar quantas localidades da capital tiveram falta de luz e os motivos do problema. Porém, até a publicação desta matéria, não se obteve resposta.

Braga sai do MME

Eduardo Braga deixou oficialmente o cargo de ministro de Minas e Energia na quarta-feira (20), após escrever uma carta à presidente Dilma anunciando sua saída. Agora, Braga deve voltar ao Senado, onde ocupava cadeira desde as eleições de 2012. A esposa dele e suplente, Sandra Braga (PMDB), o substituía até então.