Publicidade
Cotidiano
Notícias

Empresa lança 'Contêineres Inteligentes' que melhoram qualidade da internet

Contêiners Inteligentes prometem melhorar a qualidade da internet nas cidades de até 200 mil habitantes no interior do Amazonas. Eles funcionam por controle remoto e possuem autonomia energética. 29/11/2012 às 17:01
Show 1
Yoram Yaeli, idealizador dos Contêiners Inteligentes
acritica.com Manaus (AM)

A empresa MDC Indústria de Contêineres Inteligentes, através do Grupo IIN, lançou em evento titulado “Cidades na Nuvem”, nesta quinta-feira (29), no Diamond Convention Center, os protótipos de Micro Data Center, instalados em contêineres, com capacidade de três toneladas de equipamentos para transmitir sinal de internet para os municípios de até 200 mil habitantes.

Sua estrutura foi construída para suportar condições climáticas extremas e projetada para operar por períodos longos em caso de falha de energia. Dentro dos contêineres, além do equipamento de recepção e transmissão de sinal, estão instaladas dezenas de baterias com capacidade para gerar energia e manter o equipamento funcionando por até 48 horas.

“Esse é o grande problema dos municípios do interior. A fonte de energia é instável. Com o MDC, mesmo que falte energia nada será perdido”, diz o diretor geral da MDC, Yoram Yaeli, responsável pela implantação do produto.

Essa tecnologia traz também a possibilidade de desenvolvimento regional, econômico e cultural através da política de Tecnologia da Informação (TI) centralizada. Vários países manifestaram interesse em obter o MDC, e para atender aos seus clientes, a empresa já está procurando espaço em Manaus para instalar sua fábrica.

Geração de empregos

Quando começar a operar, a fábrica provisória da MDC vai gerar em torno de 1,5 mil empregos diretos. Sem falar nos operários que estarão trabalhando na construção das instalações definitivas. Isso porque o produto já atingiu um grau de aprovação muito alto por parte de grandes empresas e instituições federais.

Segundo o Diretor Geral Yoram Yaeli, o sistema do Micro Data-Center é protegido por uma tecnologia de ponta e apoio de subsistemas, que dará autonomia a seu cliente para operacionalizar o sistema de onde estiver, pois as unidades de MDCs são autônomas e foram projetadas para serem operadas remotamente e controladas pela equipe de TI direto da central.

Peculiaridades tecnologicas

Cada unidade dos MDCs vai oferecer espaço de colocação do TI no padrão de 19 prateleiras. Além de possuir energia e backup de energia, refrigeração e isolamento, monitoramento e controle de clima, segurança, detecção de incêndio, aterramento e proteção contra surtos, etc. O Micro Data Center poderá também ser entregue como uma solução turn-key de TI com toda conectividade e plataformas de computação já instalados: como roteadores, switches de balanceamento de carga, firewalls, virtualização, cache e servidores de hospedagem, armazenamento, etc.

“O que acontece no momento? O sinal de internet chega ao município, mas não tem quem o distribua para o público consumidor. O MDC vem para acabar com essa falha no sistema de transmissão”, acrescenta Yaeli.


O contêiner, depois de instalado no município e com os equipamentos em funcionamento, será praticamente lacrado. Qualquer defeito que ocorrer será detectado pelos sensores e resolvido remotamente na quase totalidade dos casos. “Caberá ao cliente do MDC, apenas administrar os dados e os recursos tecnológicos gerados por ele”, encerra o diretor da empresa.


*Informações da assessoria de comunicação