Publicidade
Cotidiano
Notícias

Empresário Antônio Ermírio de Moraes, morre em São Paulo

O empresário nasceu em 1928, na capital paulista. Seu pai, o engenheiro pernambucano José Ermírio de Moraes, criou o Grupo Votorantim, comprando as ações de uma empresa de tecelagem e a transformou numa das maiores empresas do mundo 25/08/2014 às 09:09
Show 1
Presidente de honra do Grupo Votorantim, Antônio Ermírio de Moraes, morre aos 86 anos em São Paulo.
Anna Flávia Rochas (Reuters) São Paulo

 

O empresário e presidente de honra do Grupo Votorantim, Antônio Ermírio de Moraes, faleceu na noite de domingo em sua casa, aos 86 anos, em São Paulo, por insuficiência cardíaca.

O engenheiro metalúrgico deixa a esposa, Dona Maria Regina Costa de Moraes, com quem teve nove filhos.

Formado pela Colorado School of Mines (EUA), iniciou sua carreira no Grupo em 1949, sendo o responsável pela instalação da Companhia Brasileira de Alumínio, inaugurada em 1955. O empresário que ajudou a formar o maior conglomerado industrial do país já sofria de Alzheimer.

O corpo será velado a partir das 9 horas desta segunda-feira no Salão Nobre do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, e o cortejo sairá às 16 horas rumo ao Cemitério do Morumbi, onde o corpo será enterrado.

"Com o falecimento do Dr. Antônio Ermírio de Moraes, o Grupo Votorantim perde um grande líder, que serviu de exemplo e inspiração para seus valores, como ética, respeito e empreendedorismo, e que defendia o papel social da iniciativa privada para a construção de um país melhor e mais justo, com saúde e educação de qualidade para todos", disse o Grupo Votorantim em nota enviada à imprensa.

O Grupo Votorantim, que está presente em mais de 20 países e completou 95 anos de atividade no ano passado, atua em diversos segmentos industriais como cimentos, metais, siderurgia, energia, celulose, agroindústria e negócios de banco de investimento.