Publicidade
Cotidiano
Notícias

Escola estadual de tempo integral é exemplo no Amazonas

Baixos índices de evasão e reprovação e certificação ISO, são os segredos da instituição estadual que ganhou prêmio de gestão 25/08/2012 às 09:12
Show 1
Francisca Lima destaca a importância de se relacionar com a comunidade
carolina silva Manaus

A escola estadual de Tempo Integral Roxana Pereira Bonessi, no bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Sul, recebeu o título “Destaque Estadual” no Prêmio Gestão Escolar 2012, organizado pela Secretaria Estadual de Esducação (Seduc) e Conselho dos Secretários de Educação (Consed).

Os baixos índices na evasão escolar e na reprovação destacou a unidade de ensino como uma das melhores no Estado, que inclusive tem a certificação ISO 9001. Ao todo, 395 escolas públicas concorreram.

Para a gestora Francisca Lima, o desempenho para promover a interação  escolar com os comunitários tem garantido o bom rendimento e a frequência dos alunos. Ela afirma que é um trabalho necessário para qualquer unidade de ensino. “Apesar de estar localizada numa área considerada de risco social, a escola passou a desempenhar um papel importante na construção dessa comunidade. Nós temos desenvolvido projetos que ganharam credibilidade e foi isso que permitiu que a escola não registrasse um índice de evasão e reprovação”, disse.

De acordo com a gestora, as práticas pedagógicas inovadoras também são importantes  para melhorar o rendimento dos alunos, bem como garantir uma participação efetiva no ambiente escolar. “Nós transformamos o dia a dia na escola em uma rotina prazerosa. Isso vem sendo desenvolvido nos últimos oito anos. Essas práticas são  dentro do laboratório de informática, onde as crianças desenvolvem o conhecimento na área tecnológica, também por meio dos esportes e das artes”, destacou.

A coordenadora do prêmio no Amazonas, Darci Oliveira, também reconheceu que os problemas sociais enfrentados numa comunidade não impedem o acesso à educação básica e de qualidade. “Desenvolvendo  uma boa gestão, tira-se uma imagem negativa da escola. Essa unidade, localizada numa área carente, não perdeu um aluno durante  o ano letivo, o índice de aprovação dela é 100%, o que é muito difícil”, disse.

“Tudo isso é resultado de um empenho muito grande, buscando apoio da comunidade. Se uma aluno ficar ausente por uma semana na escola, nós vamos verificar o que está causando isso para oferecer a ajuda necessária. E se o rendimento dela está baixo, será trabalhado o reforço escolar”, completou a gestora, Francisca Lima.