Publicidade
Cotidiano
Notícias

Escolas particulares terão aumento de 10 % nas mensalidades em 2013

É o caso do Colégio Santa Dorotéia. De acordo com a coordenadora geral da instituição de ensino, Marília Lopes, tanto alunos novos quanto antigos (aprovados em média) têm direito ao desconto 20/11/2012 às 11:27
Show 1
Além das mensalidasdes, pais gastam com material escolar
Luana Gomes MAnaus (AM)

Além dos presentes de fim de ano, os pais se preparam para um gasto indispensável: mensalidade escolar. Para o ano letivo de 2013, as escolas particulares da capital amazonense já elaboram o edital referente ao reajuste, cujos percentuais aparecem na ordem de 10%, quase o dobro da inflação prevista para 2013. Conforme boletim Focus, divulgado ontem pelo Banco Central, a estimativa da inflação é de 5,39%.

Embora superior ao índice inflacionário, os reajustes estão fundamentados, conforme se posicionam as escolas, seguindo a determinação da Lei nº 9.870/ 99 – que dispõe sobre o valor total das anuidades escolares e dá outras providências. Em alguns casos, elas oferecem “planos especiais” para aqueles que matricularem seus filhos até o dia 20 de dezembro, data final para a primeira solicitação de matrícula.

É o caso do Colégio Santa Dorotéia. De acordo com a coordenadora geral da instituição de ensino, Marília Lopes, tanto alunos novos quanto antigos (aprovados em média) têm direito ao desconto.

A diretora do Colégio Álvaro Botelho Maia, Socorro Balieiro, pontuou que os aumentos na instituição são feitos com base em todo o levantamento de custo, como os investimentos na escola, além dos reajustes aos professores e funcionários. Ela ponderou que os reajustes variaram de 10% a 12%, mas os pais recebem alguns benefícios, como desconto de 5% em pagamentos antes do vencimento (todo dia 5 do mês).

O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Amazonas (Sinepe/AM), Paulo Sérgio Ribeiro, frisou que a política de descontos é específica de cada escola, pois, atualmente, não existe nenhuma legislação que “normatize concessão de descontos nas anuidades escolares”. “As escolas, em sua grande parte, se utilizam desse procedimento para estimular a matrícula de seus alunos e desestimular a inadimplência. Os descontos mais comuns são para pais com mais filhos matriculados na mesma escola, pais que indicam possíveis novos alunos, descontos para quem matricula em período determinado pela escola, etc”, apontou.

Dificuldades

No Colégio Auxiliadora, a diretora pedagógica e administrativa, irmã Maria Letícia Chaves, detalhou que alguns dos preços – antes divididos de acordo com o nível de escolaridade – foram unificados. O valor da mensalidade de Educação Infantil I saiu de R$ 496,50 para R$ 546,15 e esta base foi usada para outros níveis: Infantil II e III; e 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. No caso do Ensino Médio, o reajuste foi baseado na terceira série (R$ 506,75). As novas parcelas do subsistema de ensino ficaram em R$ 557,42.

O primeiro período de matrícula começa no dia 5 de dezembro e vai até o dia 20. Os que se matricularem neste período têm direito a pagar a primeira parcela com base nos valores de 2012. A irmã avaliou que um dos principais impulsores para o reajuste é a inadimplência.

A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa desta terça-feira (20 de novembro)