Publicidade
Cotidiano
Notícias

Esporte para todos no Amazonas

 Governo do Estado vai disponibilizar, gratuitamente, programa voltado ao lazer e ao desporto 15/01/2012 às 11:26
Show 1
Improvisação de espaço vai terminar depois que o Crel sair do papel
Jornal A Crítica Manaus

O CRAQUE tem uma boa notícia para você que está um pouquinho acima do peso ou que simplesmente deseja cuidar da sua saúde, mas, não tem grana para pagar mensalidade em uma academia “top de linha” (ou mesmo de “fundo de quintal”) da cidade. Seus problemas vão ser resolvidos em 2012, e você ficará em forma. No decorrer do ano, Manaus ganhará 18 academias ao ar livre. Um convênio assinado entre a Secretaria Estadual de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e o Ministério do Esportes será o responsável pela transformações dos espaços físicos da capital e do interior.

Seis academias serão construídas nas áreas Prosamim. As outras 12, serão criadas em espaços como o Parque Municipal do Idoso e a Fundação Doutor Thomas. Os seis municípios que compõem a região metropolitana da Capital também receberão a academia.

Os espaços vão contar com equipamentos e professores para oferecer aulas gratuitas de ginástica e atividades esportivas. Serão diferentes tipos de conjuntos de aparelhos que possibilitarão aos adeptos aumentar a flexibilidade por meio de alongamentos, fortalecendo os músculos e melhorando o condicionamento físico. Também está previsto um sistema multi-infantil, incluindo escorregador, gira-gira, entre outros aparelhos que estimulem a criançada a se exercitar brincando.

As academias ao ar livre ainda contarão com placas orientativas, onde o frequentador encontrará informações com as respectivas especificações de cada aparelho.  Este modelo de espaços que democratizam o acesso à prática esportiva já existe em outras cidades do país como Rio de Janeiro, Teresina, Londrina e Curitiba.

O Governo também vem construindo Centros Recreativos de Esporte e Lazer (Crel). Em 2012 serão inaugurados 16 espaços na capital e no interior. “Esse é um sonho de mais de 30 anos dos profissionais da educação que foi atendido pelo governador Omar Aziz”, destacou o titular da Sejel, Júlio César Soares. Os profissionais da educação de Manacapuru e Tefé foram os primeiros contemplados com o Crel do governo.