Publicidade
Cotidiano
Notícias

Estudo revela que maioria de hansenianos têm baixa escolaridade, no Amazonas

Constatação deve levar a sociedade à reflexão porque, além da hanseníase, outras doenças como a tuberculose, estão ligadas à baixa escolaridade e às condições de pobreza das populações atingidas 12/10/2012 às 08:40
Show 1
A hanseníase apresenta manchas na pele de cor parda, esbranquiçadas ou avermelhadas e o período de incubação pode durar de seis meses a seis anos
Ana Celia Ossame Manaus (AM)

Uma análise no índice de escolaridade das 754 pessoas diagnosticadas com hanseníase no Amazonas, no ano passado, revelou que 50% delas estudaram até o 4º ano do ensino fundamental e 9% delas são analfabetas.

A constatação foi feita pelo médico Luiz Cláudio Dias, da Fundação de Dermatologia Tropical e Venereologia Tropical Alfredo da Matta (Fuam), centro de referência especializada na assistência à população nas áreas de hanseníase, dermatologia e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSRs) e HIV-Aids. Segundo ele, essa constatação deve levar a sociedade à reflexão porque, além da hanseníase, outras doenças como a tuberculose, estão ligadas à baixa escolaridade e às condições de pobreza das populações atingidas.

Luiz Cláudio disse que o cruzamento dos dados da escolaridade dos pacientes atendidos em 2011 demonstra a estreita relação da doença com a condição de renda, o que deve implicar também nas condições de moradia sem acesso à rede de esgoto e a serviços de saúde. “A hanseníase é uma doença de populações excluídas”, disse ele, explicando que a transmissão é feita pela via aérea, de pessoa a pessoa.

Padrão de vida

“Uma pessoa contaminada e sem tratamento, que vive com outras pessoas, pode transmitir o bacilo de Hansen, causador da doença”, disse o médico, explicando que essa transmissão é favorecida na medida em que as famílias pobres ocupam espaços pequenos e passam, por exemplo, oito horas na noite respirando no mesmo ambiente, com pouca ventilação.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).