Publicidade
Cotidiano
Notícias

Experiência japonesa de policiamento comunitário é repassada para a PM

Nesta terça-feira (06) o comando da Polícia Militar, reuniu cerca de 300 oficiais e praças para discutir o assunto e aperfeiçoar a filosofia de proximidade com a população, no auditório da OAB-AM 06/10/2015 às 18:48
Show 1
De acordo com o comandante da PM, coronel James Frota, as ações de policiamento comunitário realizadas pela instituição estão sendo reformuladas e serão intensificadas já a partir dos próximos dias
acritica.com Manaus (AM)

A experiência do Japão em policiamento comunitário, considerado referência mundial, está sendo compartilhada por policiais japoneses que estão em Manaus nesta semana, seguindo agenda oficial, em todos os órgãos de Segurança Pública do Estado.

Nesta terça-feira (06) o comando da Polícia Militar, reuniu cerca de 300 oficiais e praças para discutir o assunto e aperfeiçoar a filosofia de proximidade com a população, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM).

De acordo com o comandante da PM, coronel James Frota, as ações de policiamento comunitário realizadas pela instituição estão sendo reformuladas e serão intensificadas já a partir dos próximos dias.

“Já está mais que comprovado que a aproximação da polícia com a população traz grandes ganhos para a segurança. Nesse entendimento, estaremos reforçando as nossas ações comunitárias, que vão desde visitas sociais a reuniões com as associações de moradores, para que possamos ouvir as demandas e dar as soluções”, disse.

Ele explicou que a visita dos policiais japoneses faz parte do acordo de cooperação firmado entre o Japão e o Brasil para a troca de conhecimentos sobre o policiamento comunitário. Manaus foi escolhida para  visita pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) por já ter o modelo implantado.

Segundo o representante da Senasp, capitão João Batista, a visita dos policiais japoneses irá auxiliar a PM do Amazonas no desenvolvimento de ações de policiamento comunitários mais eficazes. “As polícias militares do Brasil, desde 1980, vêm tentando adotar uma polícia comunitária tendo como referência os Estados Unidos, Inglaterra, Espanha, mas a polícia comunitária do Japão foi a melhor que se adaptou a nossa realidade”, disse.

Para o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, a visita dos policiais contribui para esse atual momento em que novas ações de segurança estão sendo planejadas e implementadas pelo Sistema de Segurança Pública do Amazonas.

Ele destacou que o policiamento comunitário é fundamental no combate a criminalidade. “O cidadão tem diversas maneiras de contribuir com a polícia, desde fazendo denúncias de crimes que estão acontecendo no local onde ele mora, ou mesmo dando sugestões para os comandos”, disse o secretário.

*Com informações da assessoria de imprensa