Publicidade
Cotidiano
Cotidiano, Acidente aéreo, Voo 1907, Gol linhas aéreas, Legacy, AFAV, Joseph Lepore, Jan Paul Paladino

Familiares e amigos das vítimas do acidente da Gol realizam homenagem

Organizado pela Associação de Familiares e Amigos das Vítimas (AFAV) do Voo 1907, o evento também chama a atenção para o julgamento, em segunda instância dos dois pilotos norte-americanos que causaram o desastre 25/09/2012 às 16:48
Show 1
Convite produzido pela AFAV voo 1907 traz informações sobre a homenagem e imagem de algumas das vítimas
acritica.com Manaus

No próximo sábado (29), familiares e amigos das 154 vítimas do desastre do voo 1907, da Gol, realizarão uma homenagem ao grupo, no Memorial às Vítimas, localizado no Jardim Botânico de Brasília (DF), por conta dos 6 anos do acidente.

O evento está sendo organizado pela Associação de Familiares e Amigos das Vítimas (AFAV) do Voo 1907.

O desastre aconteceu no dia 29 de setembro de 2006, entre o Boeing 737, prefixo PR-GTD, da Gol e um jato Legacy 600, prefixo N600XL.

Enquanto o Boeing fazia a rota Manaus – Brasília, a outra aeronave seguia de Brasília para Manaus, onde faria desembaraço alfandegário, para poder seguir para os Estados Unidos, onde seria entregue ao proprietário.

Voando a 37 mil pés de altitude, as duas aeronaves se chocaram, pois o Legacy voava na contramão da aerovia.    

O avião da Gol caiu na região Norte de Mato Grosso, enquanto o Legacy seguiu viagem até Manaus. Todos os ocupantes do Boeing morreram no acidente.

Os pilotos norte-americanos Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, que conduziam o jato foram condenados em 2011, em primeira instância a cumprir serviços comunitários e a terem os brevês cassados, pelo período de 4,5 anos.

Uma nova audiência, de segunda instância, deverá ser marcada, pois a AFAV entrou com um recurso por ser contra a reversão da pena. Para a entidade a dupla de pilotos norte-americanos deve ser presa e ter os brevês cassados permanentemente.