Publicidade
Cotidiano
Notícias

Famílias retiradas retornam a ocupar a Pista da Raquete

O Ministério Público Federal afirmou que a ação policial não tinha autorização judicial para agir na ação de despejo que ocorrreu na manhã desta quarta-feira (7). Após uma reunião, foi decidido que as famílias poderão continuar na área até encontrarem outro lar. 07/11/2012 às 20:54
Show 1
Invasores retornam à Pista da Raquete
Bruno Strahm Manaus (AM)

As 80 famílias que ocupavam a área conhecida como Pista da Raquete, localizada no bairro Nova Vitória, Zona Leste de Manaus, retornaram ao local após o despejo realizado pela polícia militar do Amazonas na manhã desta quarta-feira (7).

De acordo com a polícia, os moradores foram retirados pacificamente da área por cometerem um crime ambiental. Um incêndio de grandes proporções se formou em parte da invasão.

No entanto, a ação da polícia não possuía autorização judicial, o que invalidou a desocupação. De acordo com o defensor público João Thomás Luchsinger, que esteve no local junto com outros membros da Defensoria Pública e do Ministério Público Federal (MPF) em uma comitiva, um acordo entre o MPF e o major Brandão, responsável pela ação policial realizada de manhã, condicionou a volta das famílias à Pista da Raquete até que elas possam conseguir achar outro lugar.

“Houve uma reunião no MPF, agora estamos em andamento das negociações sobre o termo desta ocupação por parte das famílias. A polícia já se comprometeu em agir somente com autorização judicial”, comentou Luchsinger.

Além disso, a comitiva fez registro fotográfico do local e verificou que há sinais de degradação envolvendo árvores cortadas por motoserras e tratores que teriam sido levados pela Suframa, mas ainda sem confirmação.