Publicidade
Cotidiano
Notícias

Feriado de Sete de Setembro estimula vendas de bebidas e carnes

Supermercados locais registram maior vendas de bebidas e carnes em vésperas de feriados, mas a queda nas vendas deste ano ainda são preocupantes aos comércio   07/09/2012 às 13:37
Show 1
Consumidores aproveitam o feirado prolongado para abastecer a dispensa
Renata Magnenti ---

Supermercados e atacadistas registraram aumento nas venda de bebidas e carnes nas vésperas dos feriados desta semana. No Centro de Manaus, lojistas também registraram maior movimentação de clientes, mas a evolução nas vendas deste ano é desoladora, contrariando pesquisa nacional. O comércio na cidade afirma ter tido em agosto o pior mês de 2012.

Na atacadista Makro, de acordo com o gerente de bebidas da unidade do Japiim, Paulo de Macedo, em véspera de feriado há um aumento significativo no volume de bebidas. “Não tenho números que justificam, mas a maioria dos clientes que compram neste período é para consumo próprio”, afirmou.

Os destaques de venda, segundo Paulo, é para a cerveja Itaipava e os refrigerantes Baré e todos da Coca-Cola. “Quanto a cerveja os clientes acabam optando pela mais barata e é curioso, mas a Coca-Cola tem quase o mesmo volume de vendas que o refrigerante regional Baré”.

Ontem, o autônomo Francisco Souza garantiu as bebidas da viagem que fará no feriado com família. “Comprei um pacote de refrigerante Baré e três pacotes de cerveja Kaiser. O preço está bom e nesse calor é indispensável uma bebida”, afirmou.

No Carrefour o destaque é também para os perecíveis. O quilo do alcatra, que custa R$ 24, está com o valor de R$ 15,99 até o domingo. Assim como o quilo do filé de frango Perdigão, que baixou R$ 1,01 e está custando R$ 7,99, e o tambaqui espalmado, que teve queda de R$ 1,49 e está custando R$ 13,50.

Quanto às bebidas, consumidores do Carrefour e do DB optam pelas cervejas com preços mais em conta e por refrigerantes regionais ou Coca-Cola. O refrigerante Baré (2 litros), por exemplo, no Carrefour custa R$ 2,49 e no DB o mesmo item custa R$ 3,49. A Coca-Cola (2 litros) no Carrefour saí por R$ 3,89 e no DB por R$ 4,28. Entre as cervejas os clientes vão encontrar latas de Skol (350 ml) por R$ 1,59 no Carrefour e por R$ 1,85 no DB.

Comércio no Centro

No Centro, os lojistas registram maior movimento nas vésperas dos feriados de Elevação do Amazonas à categoria de Província e no de Independência do Brasil, mas não o suficiente para superar as perdas dos últimos meses. “Agosto, por exemplo, foi o pior mês do ano para todos os lojistas de Manaus”, disse a gerente da  Milano Modas, Maria Francisca.

Para o proprietário do carrinho de Sorvete Express, localizado na rua Marechal Deodoro, ganhou-se mais nas vésperas dos feriados, mas se deixou de trabalhar em dois dias durante semana de pagamento.

Agosto é considerado bom mês

O mês de agosto foi melhor para o comércio do que julho deste ano, de acordo com dados divulgados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). As vendas a prazo, medidas pelo número de consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), cresceram 2,52% em relação ao mês imediatamente anterior. Além disso a inadimplência, medida pelo número de registros no SPC, caiu 4,14% na mesma comparação.

Para a entidade, no entanto, as vendas ainda continuam em um movimento “de sobe e desce” que vem sendo verificado desde o começo do ano. O dado positivo, porém, é que agosto foi o segundo mês consecutivo de alta. “considerando-se a época do ano, espera-se que nos próximos meses essa tendência deverá continuar”, afirma a CNDL. Já na comparação com agosto do ano passado, as vendas caíram 1,69% e a inadimplência recuou apenas 0,45%, nessa comparação.

A CNDL destaca ainda que o número de pessoas que conseguiram quitar seus débitos, limpando o nome no SPC, foi 0,94% menor em relação a agosto do ano passado. Ainda assim, a entidade considera que a tendência da inadimplência como um todo é de queda.